Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    54.665,81
    -6.491,75 (-10,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Bateria: aprenda a cuidar bem e aumente sua vida útil

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
A instalação de acessórios que exigem carga elétrica para funcionar (como equipamentos de som) também merece atenção (Foto: Shutterstock)
A instalação de acessórios que exigem carga elétrica para funcionar (como equipamentos de som) também merece atenção (Foto: Shutterstock)

Cuidar bem de um automóvel vai muito além de manter a pintura brilhante e o interior limpo. Alguns componentes precisam de atenção especial e cuidados preventivos. A bateria, que é um dos itens mais importantes no desempenho de um veículo, é um bom exemplo. Com dedicação extra, é possível prolongar sua vida útil e evitar problemas de funcionamento.

Todos os carros atuais têm vários componentes eletrônicos, e estes componentes consomem energia da bateria. Uma bateria dura, em média, de dois a três anos. Durante esse período, o proprietário do veículo deve ficar atento a hábitos que podem diminuir a durabilidade do componente. Um dos erros mais comuns é deixar o carro parado por muito tempo. Quando isso acontece, o item começa a perder energia aos poucos até descarregar completamente.

A melhor forma de evitar esse problema é ligar o automóvel pelo menos uma vez a cada 15 dias. É possível deixá-lo funcionando na garagem (desde que ela seja aberta ou bem ventilada) por alguns minutos ou rodar um pouco pelas ruas – percorrer uma distância de cinco quilômetros já é o bastante para manter o funcionamento da bateria em dia.

Também é preciso ficar atento! Manter equipamentos como ventilação, faróis e multimídia ligados enquanto o carro está desligado, por exemplo, pode descarregar o componente e comprometer sua vida útil.

A instalação de acessórios que exigem carga elétrica para funcionar (como equipamentos de som) também merece atenção. É necessário verificar se o sistema é compatível com a capacidade da bateria. Optar por itens que exigem mais do que o suportado pode ocasionar problemas e reduzir significativamente a durabilidade do componente.

Os cuidados extras ajudam a evitar problemas, mas a situação sempre pode sair do controle. Caso isso aconteça, vale a pena ter um bom Seguro Auto com uma boa assistência 24 horas. A Allianz Seguros, por exemplo, tem planos de assistência completos. Assim, caso você tenha algum problema com a sua bateria, você pode solicitar um profissional para fazer o diagnóstico. Se uma simples recarga resolver o problema, tudo OK. Agora, se for necessária a substituição, o profissional da seguradora irá informar e oferecer o produto com o preço compatível de mercado – lembrando que a substituição do item é de responsabilidade do proprietário do veículo.