Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.259,11
    -243,85 (-0,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Bastidores: Após irritação de Dudu, Abel reforça ‘todos somos um’ dentro do elenco do Palmeiras

·2 minuto de leitura


Substituído no segundo tempo do empate sem gols entre Palmeiras e Atlético-MG, Dudu não gostou de deixar o campo e mostrou a irritação ao sentar no banco de reservas. A postura foi comentada por Abel Ferreira na coletiva e o treinador deixou claro que ‘ninguém está acima dos interesses da equipe’.

Nesta quarta-feira (22) pela manhã, foi a vez do atacante usar o Instagram como forma de resposta. Mesmo sem usar o nome do comandante português, o atacante afirmou que ‘desde a chegada dele as equipes jogaram de maneira coletiva e que seguirá assim’.

Enquanto Abel reforça o quanto é importante seguir no ‘todos somos um’, Dudu deseja jogar o máximo possível desde que retomou a forma física após retornar do Catar, em julho. A reação intempestiva ao ser substituído na semifinal da Libertadores não altera em nada a maneira como o treinador pensa na utilização do elenco.

Além disso, tal postura é uma dos pontos de atenção para o treinador, uma vez que ele não admite e fez questão de mencionar isso logo na sequência, durante a coletiva de imprensa. Internamente, não vê problema em abrir mão do atacante entre os titulares caso a irritação persista. Vale lembrar que o Palmeiras tem um semana decisiva com Dérbi, no sábado (25), e o jogo de volta contra o Atlético-MG, na próxima terça-feira (28).

Após um período no banco de reservas, o jogador assumiu a titularidade justamente na Libertadores, no confronto de ida das quartas de final diante do São Paulo, em 10 de agosto, no Morumbi. Dez dias antes, também contra o rival, mas pelo Brasileiro, o camisa 43 entendia já estar pronto para ganhar uma oportunidade entre os titulares.

Oficialmente, ele ficou fora partida por conta de um incômodo no pé e voltou a estar disponível na semana seguinte, na derrota para o Fortaleza, porém novamente como opção no banco de reservas. A chance como titular veio três dias depois e o jogador aproveitou, sendo destaque nos dois confrontos das quartas da competição continental, inclusive marcando um golaço no Allianz Parque.

Desde o retorno ao Palmeiras, Dudu participou de 13 compromissos, oito deles como titular. Desses, ele ficou em campo durante toda a partida em metade delas, algo incomum se comparado com a primeira passagem. O Alviverde entrou em campo 15 vezes no período.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos