Mercado fechará em 2 h 34 min
  • BOVESPA

    110.562,77
    +1.719,03 (+1,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.701,39
    +143,74 (+0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,43
    +0,14 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.776,80
    +13,00 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    42.226,40
    -1.667,76 (-3,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.051,35
    -12,49 (-1,17%)
     
  • S&P500

    4.361,70
    +3,97 (+0,09%)
     
  • DOW JONES

    34.011,72
    +41,25 (+0,12%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.057,25
    +47,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2013
    -0,0434 (-0,69%)
     

Basquete: Pau Gasol se despede da seleção espanhola aos 41 anos

·1 minuto de leitura
O espanhol Pau Gasol Saez (dir.) disputa com o americano Draymond Jamal Green (esq.) na partida das quartas de final entre Espanha e EUA nos Jogos Olímpicos de Tóquio- 2020 na Saitama Super Arena em 3 de agosto de 2021

"É o meu último jogo com a seleção com certeza, vamos ver se vai ser o último da minha carreira. Obrigado a todos por estarem sempre presentes. De coração", declarou Pau Gasol nesta terça-feira após a derrota da Espanha para os Estados Unidos (95-81) nas quartas de final do torneio de basquete masculino de Tóquio-2020.

"Mas isso não vai manchar 20 anos maravilhosos e o fato de ter podido estar aqui", disse ele sobre a derrota para os americanos na Saitama Super Arena.

A lenda em atividade Pau Gasol, de 41 anos, que disputava sua quinta Olimpíada - com a conquista de três medalhas, duas pratas e uma de bronze - se despediu jogando seis minutos e sem pontuar.

Seu irmão Marc, que atuou durante dez minutos, tampouco pontuou e depois do jogo também confirmou que não vai continuar a vestir a camisa da seleção espanhola.

"Os meninos mais novos precisam jogar. E para que eles possam jogar, os mais velhos precisam sair do caminho", disse o pivô do LA Lakers, de 36 anos.

"Agradeço a todos por eu ter participado de outros Jogos Olímpicos", acrescentou Pau Gasol, que voltou ao basquete nos últimos meses após dois anos afastado devido a lesões e elogiou a seleção dos Estados Unidos.

"Você realmente pode superar qualquer coisa se colocar sua mente e seu coração. Só o fato de eu ter conseguido voltar, jogar e competir já foi um grande sucesso. Agora terei que falar com minha família e ver se vale a pena continuar jogando (no nível dos clubes) ou seguir em frente com outros objetivos na vida", disse Pau Gasol em inglês.

pm/psr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos