Mercado fechará em 5 h 44 min

Barroso volta a defender adiamento das eleições municipais

Eulina Oliveira

O Senado deverá votar hoje a proposta de emenda constitucional (PEC) para alterar a data da realização das próximas eleições O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reiterou, pelo Twitter, que o tribunal defende que as eleições municipais devem ser adiadas por algumas semanas por causa da pandemia do novo coronavírus.

"O Senado começa a votar hoje a PEC sobre adiamento das eleições. O TSE considera que a escolha da data é política, mas defende - após ouvir especialistas - que a votação prevista para outubro deve ser adiada por algumas semanas para garantia da saúde de eleitores e mesários", escreveu Barroso.

O Senado deverá votar hoje a proposta de emenda constitucional (PEC) para alterar a data da realização das próximas eleições municipais, previstas para outubro. O consenso formado é de adiamento das datas do pleito, passando 1º e 2º turnos, que seriam realizados em 4 e 25 de outubro, para os dias 15 de novembro e 6 de dezembro.

Ministro Roberto Barroso

Roberto Jayme/ASCOM/TSE