Barril do Texas fecha em baixa de 1%

Nova York, 13 dez (EFE).- O petróleo do Texas caiu 1% nesta quinta-feira e fechou em US$ 85,89 por barril em um dia marcado pelas persistentes preocupações geradas pelo "abismo fiscal" nos Estados Unidos e pelo rebaixamento da perspectiva da qualificação da dívida do Reino Unido.

No fechamento do quarto pregão da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em janeiro perderam US$ 0,88 em relação ao preço de fechamento de quarta-feira.

A queda aconteceu depois que o líder republicano da Câmara dos Representantes dos EUA, John Boehner, reiterou que existem "sérias diferenças" entre ele e o presidente americano, Barack Obama, para carimbar um pacto que evite o temido "abismo fiscal" em janeiro.

Influiu também a decisão da agência de qualificação Standard & Poor's de pôr em perspectiva negativa a nota da dívida soberana do Reino Unido, que ainda ostenta a nota máxima "AAA".

Já os contratos de gasolina com vencimento em janeiro caíram US$ 0,04 e fecharam em US$ 2,60 por galão (3,78 litros), enquanto os contratos de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês diminuíram US$ 0,02 e terminaram em US$ 2,94 por galão.

Por fim, os contratos de gás natural com vencimento também em janeiro perderam US$ 0,04 e fecharam em US$ 3,34 por cada mil pés cúbicos. EFE

Carregando...