Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.439,77
    +734,01 (+3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Barra de tarefa do Windows 11 recebe ajuste para abrigar mais atalhos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Windows 11 deve contar com um recurso para melhorar o uso da barra de tarefas. Um botão de três pontos, localizado antes do relógio e dos ícones de sistema, vai esconder aplicativos em execução ou fixados na barra. Ao clicar nele, o usuário visualizará uma segunda barra extra, logo acima da principal, com os ícones que não couberam na interface.

Essa é a maneira encontrada pela Microsoft para manter a visualização dos programas sem precisar espremer os atalhos ou ampliar o tamanho da barra de tarefas. Dá para interagir normalmente com os itens ocultos, como se faria no local original, ou seja, você pode fixar apps, mudar a ordem ou deletar os atalhos.

A barra secundária abrigará ícones que não couberam na barra de tarefas (Imagem: Reprodução/Microsoft)
A barra secundária abrigará ícones que não couberam na barra de tarefas (Imagem: Reprodução/Microsoft)

O recurso parece inspirado na seta para cima que fica na bandeja do sistema, no canto direito da barra de tarefas. Ali você clica para ver as dezenas de ícones que não cabem na visualização — muitos computadores têm 20 ou até mais desses atalhos escondidos.

A mudança chegou a ser mostrada em versões iniciais do Windows 11, mas acabou sendo deixada de lado. Agora, o visual chega para suprir a necessidade crescente do usuário de rodar muitos programas ao mesmo tempo. Como o sistema tem a opção de fixar múltiplos itens, essa "área de estouro" pode mais necessária do que se imagina.

A novidade está em fase de testes, então ainda pode haver bugs e modificações até o lançamento oficial. Para experimentar, é preciso ser inscrito no programa Windows Insider e ter a última versão prévia do Windows instalada (25163), que acaba de chegar ao Dev Channel.

Compartilhamento nas proximidades

O compartilhamento rápido de arquivos poderá ocorrer por dispositivos conectados na mesma rede (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O compartilhamento rápido de arquivos poderá ocorrer por dispositivos conectados na mesma rede (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Somado a essa melhoria, a Microsoft também trouxe um ajuste no recurso de "Compartilhamento nas proximidades". Essa ferramenta possibilita enviar e receber arquivos rapidamente de outros dispositivos por Bluetooth, mas agora também suporta o protocolo UDP. Na prática, você vai poder trocar fotos, vídeos e documentos com outros PCs conectados na mesma rede.

A janela de compartilhamento foi modificada para incluir o OneDrive como opção, assim as pessoas podem enviar o arquivo rapidamente para a nuvem. No modelo antigo, você precisava copiar e colar o arquivo em uma pasta sincronizada, portanto dá para ganhar segundos preciosos.

O update 25163 do Windows 11 traz ainda a correção de alguns bugs e pequenos ajustes para melhorar a estabilidade do navegador. Por enquanto, ainda não há prazo para o lançamento oficial para os usuários comuns.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos