Mercado abrirá em 3 h 53 min

Bares e restaurantes devem criar 100 mil vagas de emprego até o final de 2022

Bares e restaurantes devem criar 100 mil vagas de emprego até o final de 2022, segundo associação. Foto: Getty Images.
Bares e restaurantes devem criar 100 mil vagas de emprego até o final de 2022, segundo associação. Foto: Getty Images.
  • Segundo associação, bares e restaurantes devem criar 100 mil vagas de emprego até o fim de 2022;

  • Pesquisa aponta que bares e restaurantes tiveram seus melhores resultados de 2022 no mês de junho;

  • Cerca de 26% dos estabelecimentos do setor ainda ficam no vermelho.

Levantamento feito pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) aponta que cerca de 35% dos empresários do setor planejam contratar funcionários até o final de 2022.

De acordo com o presidente da entidade, Paulo Solmucci, depois de um acumulado de 1 milhão de novos postos de trabalhos abertos nos últimos 12 meses, espera-se que 100 mil novas vagas de emprego sejam abertas na segunda metade do ano.

Leia também:

A pesquisa informa que bares e restaurantes tiveram seus melhores resultados de 2022 no mês de junho, quando 37% dos estabelecimentos do setor obtiveram lucro, contra os 35% de maio.

Ainda assim, cerca de 26% ainda ficam no vermelho, uma leve diminuição em comparação ao mês anterior, quando o número era um pouco maior: 29%. Já 37% dos estabelecimentos estão com orçamento equilibrado.

Contudo, por causa da taxa de desemprego diminuindo e batendo em 9,3 no trimestre de abril a junho e da expansão da parcela do Auxílio Brasil para R$ 600, restaurantes e bares estão otimistas e esperam uma maior movimentação de dinheiro, que possivelmente deverá chegar ao setor alimentício.

“Mais gente empregada, as restrições felizmente acabaram. A inflação dos alimentos começou a refluir em junho. A gente começou a recuperar um pouquinho as margens" disse Solmucci à CNN.

"Vem aí o Auxílio Brasil de R$ 600 que impacta muito para o pequeno empresário do nosso setor, aquele da base da pirâmide. Acho que as notícias são positivas. E a Copa do Mundo, que sempre traz aquele astral melhor, mais gente na rua, o setor sempre se movimenta bastante na Copa do Mundo”, continuou.

*Com informações da CNN.