Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,44
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.785,00
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.398,33
    -418,03 (-0,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.318,07
    +12,95 (+0,99%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.856,45
    -4,17 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    16.377,25
    -15,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2785
    +0,0044 (+0,07%)
     

Barbados anuncia abertura da primeira embaixada no metaverso

·1 min de leitura
Foto de uma praia em Barbados (AFP/JOE RAEDLE)

A pequena nação caribenha de Barbados anunciou o estabelecimento do que apresenta como a primeira representação diplomática no metaverso, uma versão da realidade virtual na Internet.

Nenhum detalhe foi fornecido, mas Barbados disse esta semana que os clientes poderão obter serviços consulares virtualmente quando o projeto estiver instalado e funcionando.

As autoridades desta ilha de cerca de 300.000 habitantes não ofereceram uma data de início, mas indicaram que assinaram um acordo com a plataforma Decentraland e estão finalizando acordos com outras duas.

Metaverso se tornou uma palavra da moda para o futuro da internet, especialmente desde que o gigante das mídias sociais Facebook anunciou um esforço multimilionário para construir um mundo digital onde as pessoas se sentem cara a cara, mas se comunicando por meio de tecnologias de realidade virtual.

"Barbados espera receber o mundo em sua embaixada no metaverso", disse o senador Jerome Walcott, ministro das Relações Exteriores do país.

A ilha, que pretende se tornar uma república e se libertar da tutela da rainha Elizabeth II, disse que também manterá embaixadas físicas.

"Em alguns aspectos, é super avançado e inovador", disse Rabindra Ratan, professora associada de mídia da Universidade estadual de Michigan.

O uso dessa tecnologia pode permitir que a pequena nação tenha voz na arena diplomática, observaram seus líderes políticos.

str-dho-jm/dg/yow/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos