Mercado abrirá em 7 h 58 min
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,32
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.748,50
    -2,90 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    45.678,86
    -2.177,30 (-4,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.142,21
    -83,32 (-6,80%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    23.955,18
    -965,58 (-3,87%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.239,50
    -86,50 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1893
    -0,0101 (-0,16%)
     

Bancos tradicionais seguem apostando em tecnologia para competir com fintechs

Mulher ri enquanto mexe em seu celular amarelo
Iti e Next são exemplos de soluções digitais criadas pelo Itaú e Bradesco, respectivamente (Getty Commercial)
  • Avanço das fintechs e bancos digitais faz com que bancos tradicionais apostem em novas tecnologias

  • Bancos como Bradesco, Itaú, Santander e Banco do Brasil já oferecem soluções digitais para clientes

  • Participação no mercado de concessão de crédito segue pequena para fintechs (menos de 0,1%) 

O avanço das fintechs e bancos digitais despertou a crescente busca por tecnologia por parte dos grandes bancos tradicionais. Preocupados com a competição, os incumbentes seguem investindo pesado na modernização de sistemas e na oferta de soluções menos burocráticas e com preços mais em conta para os clientes.

Leia também:

O Itaú, por exemplo, criou a conta digital iti, enquanto o Bradesco segue com o banco digital Next. Já o Santander oferece o Superdigital, mirando na parcela da população que não utiliza o sistema financeiro, e o Banco do Brasil continua aprimorando a Carteira bB.

De acordo com uma pesquisa da consultoria SoluCX, Nubank, Inter e PagBank lideram o índice de satisfação do cliente (NPS), mas apesar disso, as fintechs e bancos digitais ainda têm uma parcela bem pequena no que diz respeito ao mercado de concessão de crédito, responsável por 60% da receita bancária e principal linha de relacionamento com o cliente.

De acordo com a Moody’s, a participação das fintechs era de menos e 0,1% em março, ao passo que os bancos digitais representavam 1,4%. Quem segue controlando o mercado são os cinco maiores bancos do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos