Mercado abrirá em 8 h 14 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,84
    -0,21 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.790,00
    +5,30 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    50.328,12
    -566,41 (-1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.302,13
    -19,15 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    24.006,49
    +22,83 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    28.774,05
    +318,45 (+1,12%)
     
  • NASDAQ

    16.401,25
    +83,25 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3526
    +0,0129 (+0,20%)
     

Bancos vão decidir o próprio horário de funcionamento; veja como fica

·2 min de leitura
  • Autonomia na escolha dos horários é mais uma etapa da flexibilização do isolamento social

  • Medidas sanitárias não podem ser esquecidas, avisa Febrabran

  • Mudança é facilitada pelo aumento no número de consumidores que utilizam o internet banking

Nesta quarta-feira (28), a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que os bancos passarão a ter autonomia para determinar os próprios horários de funcionamento das suas agências, segundo suas características e políticas internas.

"Pelo fato de o perfil da demanda de cada instituição financeira ser diferenciado, não haverá um processo padronizado para retorno ao horário anterior à pandemia", afirma a entidade.

Leia também:

A liberação dos horários segue os protocolos de flexibilização do isolamento social no país. No entanto, de acordo com a federação, não se pode ainda deixar de lado as medidas de higiene recomendadas pelas sanitárias, como a higienização das agências, oferta de álcool em gel e uso de máscaras pelos funcionários.

A flexibilização dos horários foi possibilitada também graças ao crescimento do mobile e internet banking durante esse período, afirma a entidade. Estimulado pela pandemia, hoje a preferência por estes meios já é majoritária entre os clientes.

"Ao longo dos últimos anos os bancos aumentaram os seus investimentos em tecnologia como forma de acompanhar a aceleração da digitalização de seus serviços e de seu modo de trabalhar, com mais facilidade, conveniência e segurança aos consumidores", informou a Febraban.

Confira os horários de funcionamento dos maiores bancos:

  • A Caixa retornará aos horários de 10h e 16h a partir de 23 de novembro. Até lá, as agências seguem funcionando das 8h às 13h exclusivamente para serviços essenciais.

  • O Bradesco afirmou que segue com horário de funcionamento entre 10h e 14h enquanto durar a pandemia.

  • O Banco do Brasil irá seguir o mesmo protocolo, funcionando das 10h às 14h.

  • O Santander informa que já retomou o horário de 10h às 16h desde o primeiro dia útil de outubro. Informou também que algumas agências, como as que concentram pagamento de INSS, abrem às 9h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos