Mercado abrirá em 6 h 48 min
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,41
    -1,09 (-1,39%)
     
  • OURO

    1.631,10
    -5,10 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    18.823,55
    -1.358,35 (-6,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,70
    -28,44 (-6,19%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.400,57
    -459,74 (-2,57%)
     
  • NIKKEI

    26.077,50
    -494,37 (-1,86%)
     
  • NASDAQ

    11.270,50
    -63,25 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1400
    -0,0199 (-0,39%)
     

Bancos impulsionam ações europeias e mineradoras sobem com alta nos preços dos metais

Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias subiam nesta sexta-feira, com os bancos estendendo os ganhos um dia depois que o Banco Central Europeu reforçou sua luta contra a inflação com um grande aumento sem precedentes na taxa de juros, enquanto os preços dos metais em alta deram suporte às ações de mineração.

Mineradoras saltavam quase 3%, com previsão de altas semanais de mais de 4%, conforme os preços do cobre em Londres atingiam seu maior ganho semanal em seis semanas contra um dólar mais fraco. [MET/L]

O BCE promoveu um aumento de 75 pontos-base na taxa de juros na quinta-feira, em seu sinal mais claro até agora de que não está recuando contra a alta da inflação.

Os investidores agora estão focados em uma reunião dos ministros de energia dos países da União Europeia mais tarde nesta sexta, quando buscarão soluções a partir de uma longa lista de medidas possíveis para proteger os cidadãos dos preços altíssimos da energia à medida que o inverno se aproxima.

O índice pan-europeu STOXX 600 subia 1,49%, a 420,28 pontos.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 1,56%, a 7.375 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 1,41%, a 13.085 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,63%, a 6.225 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 1,96%, a 22.102 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,57%, a 8.041 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,16%, a 6.035 pontos.

(Reportagem de Shreyashi Sanyal em Bengaluru)