Bancos espanhóis injetarão € 1,7 bilhão no "banco ruim"

Quatro bancos espanhóis vão injetar um total de 1,7 bilhão de euros (US$ 2,2 bilhões) no "banco ruim" da Espanha, segundo informou o jornal El País em sua versão online. A quantia representa 70% do que o "banco ruim" precisa do setor privado.

Citando fontes do mercado, o jornal afirmou que o Santander vai injetar 650 milhões de euros, o Caixabank vai entrar com 550 milhões de euros, o Banco Popular Espanhol vai injetar 290 milhões e o Banco Sabadell providenciará cerca de 220 milhões de euros.

Outros bancos de médio porte, como Kutxabank, Unicaja, Ibercaja e Bankinter, assim como as seguradoras Mapfre, AXA, Catalana Occidente e Seguros Pelayo, também injetarão fundos no "banco ruim", conhecido como Sareb.

O Deutsche Bank e o Barclays também são vistos como possíveis investidores no Sareb. Além disso, o governo espera que fundos internacionais de gestão de ativos, como KKR, Cerberus e Pimco, possam investir no banco, segundo o El País. As informações são da Dow Jones.

Carregando...