Mercado fechado

Bancos da China prometem US$162 bi em crédito ao setor imobiliário para aliviar crise

.

Por Xie Yu e Ziyi Tang

HONG KONG/PEQUIM (Reuters) - Os maiores bancos comerciais da China prometeram pelo menos 162 bilhões de dólares em novos financiamentos a incorporadoras imobiliárias, reforçando as recentes medidas regulatórias no país para aliviar a crise de caixa no setor e impulsionando as ações de empresas imobiliárias.

Três bancos estatais acordaram oferecer cerca de 131 bilhões de dólares em linhas de crédito para o setor nesta quinta-feira, um dia depois que outras três instituições comprometeram 31 bilhões de dólares, respondendo ao pedido de apoio de Pequim.

A injeção massiva e coordenada de liquidez no setor imobiliário impulsionou as ações de grandes incorporadoras nesta quinta-feira.

A Country Garden, maior incorporadora da China em vendas, fechou com alta de mais de 20% depois que a mídia estatal noticiou nesta quinta-feira que a companhia recebeu uma linha de crédito do Postal Savings Bank of China (PSBC) no valor de pelo menos 50 bilhões de iuans (7 bilhões de dólares).

China Vanke, CIFI Holdings e Greentown China subiram entre 8,4% e 18,4% em Hong Kong.

Um indicador que acompanha o setor imobiliários, o Hang Seng Mainland Property Index, fechou em alta de 6,8%.

O PSBC anunciou nesta quinta-feira que fornecerá um total de 280 bilhões de yuans em financiamento para a Country Garden e outras companhias.

O Banco Industrial e Comercial da China (ICBC), o maior do mundo em ativos, afirmou nesta quinta-feira que acertou o oferta de 655 bilhões de iuans em financiamento a 12 empresas imobiliárias, incluindo Vanke, Longfor e Jardim Rural.

O China Construction Bank assinou acordos de cooperação com oito incorporadoras imobiliárias, incluindo Vanke, Longfor e Midea, informou a mídia de finanças Yicai. O banco não comentou imediatamente.

O regulador bancário da China disse que os bancos emitiram 2,64 trilhões de iuans em empréstimos imobiliários e 4,84 trilhões de iuans em empréstimos hipotecários de janeiro a outubro.