Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.210,02
    -464,56 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Banco Inter abre financiamentos de até 100% para casas

·1 minuto de leitura
Inter prevê expansão dos produtos para outros públicos. Foto: Getty Images.
Inter prevê expansão dos produtos para outros públicos. Foto: Getty Images.
  • As novas opções para linhas de crédito foram divulgadas na última quarta-feira (8)

  • Os financiamentos são direcionados para proprietários de terrenos que queiram construir suas casas

  • Inter prevê expansão dos produtos para outros públicos

O Banco Inter divulgou na última quarta-feira a estreia de uma nova linha de crédito. A modalidade de financiamento está direcionada a proprietários de terrenos que queiram construir suas casas, segundo a instituição bancária.

Com o intuito de atender a uma demanda ainda não atendida, os donos de terrenos já inteiramente pagos em condomínios fechados de casas vão poder construir seus imóveis com uma linha de crédito de até 100% do valor da obra, com taxas a partir de 9% ao ano, além da Taxa Referencial (TR). Os pagamentos podem ser parcelados em até 360 meses (30 anos), partindo da data de início da obra.

Leia também:

De acordo com o Inter, a demanda pela nova modalidade tem uma demanda consistente no mercado imobiliário. Junto ao terreno, o imóvel construído vai ser listado como garantia do crédito concedido. A residência é então averbada pelo programa Habite-se assim que a construção for concluída, segundo o contrato da linha de financiamento. O seguro dos contratos será feito em referência ao MIP, ao Risco de Engenharia na construção e o DFI (com a residência já construída).

Para solicitar a linha de crédito, é necessário que os proprietários pessoas físicas já tenham os pagamentos de seus lotes ou terrenos quitados, além de alvará e aprovação do projeto executivo pela prefeitura do local. Segundo o banco, o intuito expandir a possibilidade para outros públicos.

As informações são do jornal O Dia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos