Mercado fechará em 34 mins
  • BOVESPA

    106.690,01
    +326,91 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.534,32
    -180,28 (-0,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,71
    +0,05 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.803,70
    +4,90 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    61.150,00
    +2.200,49 (+3,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,33
    +61,95 (+4,36%)
     
  • S&P500

    4.591,76
    +40,08 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    35.677,34
    +186,65 (+0,53%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.738,25
    +151,00 (+0,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5394
    +0,1147 (+1,79%)
     

Banco dos EUA lança serviço de custódia de bitcoin

·2 minuto de leitura

O US Bank, um dos maiores bancos dos Estados Unidos, anunciou um serviço de custódia de bitcoin para os seus clientes em parceria com a NYDIG, empresa focada em serviços de criptomoedas.

O banco, que já está ligado com o Bitcoin há 6 anos, está expandindo os seus serviços conforme a demanda pelos mesmos cresce. Em um mercado de trilhões de dólares, todos querem sua parte.

Além disso, a adoção das criptomoedas por bancos também as fortalece quando o assunto é barrar a moeda, colocando mais peso sobre os ombros de legisladores que pensam em barrar as criptomoedas.

Crescente interesse em criptomoedas

Nesta terça-feira, o US Bank anunciou que seu serviço de custódia de Bitcoin, e posteriormente outras criptomoedas, já está funcionando. A nova solução do banco visa atender melhor os seus clientes que estão cada vez mais interessados em criptomoedas.

“O interesse dos investidores em criptomoedas e a demanda de nossos serviços de fundos têm crescido fortemente nos últimos anos.”

O banco já está envolvido com criptomoedas desde 2015, quando o Bitcoin estava valendo cerca de 200 dólares, através de práticas relacionadas a blockchain e criptomoedas. Em abril deste ano, o banco foi selecionado para administrar o ETF de Bitcoin da NYDIG.

Ainda segundo Gunjan Kedia, vice-presidente do setor de serviços de investimento e gestão do US Bank, a adoção das criptomoedas é uma necessidade urgente.

“Nossos clientes de fundos e custódia institucional aceleraram seus planos de oferecer criptomoedas e, em resposta, tornou-se uma prioridade acelerar nossa capacidade de oferecer serviços de custódia.”

O banco trabalhará em parceria com a NYDIG que atuará como sub-custodiante. A empresa é subsidiária da Stone Ridge, companhia que gerencia 12 bilhões de dólares em ativos, e tem foco em oferecer soluções voltadas ao Bitcoin.

Junte-se a ele

Embora o Bitcoin tenha sido muito criticado por bancos e gestores, a sua adoção pelo público está obrigando que estas instituições comecem a oferecer soluções voltadas a criptomoedas caso queiram um pedaço deste mercado de mais de 2 trilhões de dólares.

Isso pode ser visto até mesmo no nosso país, onde recentemente o Banco do Brasil introduziu questões sobre Bitcoin no seu concurso. É muito provável que seja apenas questão de tempo para que bancos nacionais também comecem a oferecer custódia de criptomoedas.

Além disso, esta adoção por bancos fortalece o Bitcoin em termos de regulamentação. Fazendo com que governos pensem duas vezes antes de proibir ou barrar a adoção da moeda de alguma forma.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos