Mercado fechará em 4 h 31 min
  • BOVESPA

    109.012,01
    -2.527,79 (-2,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.960,41
    +278,22 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,95
    +1,20 (+2,01%)
     
  • OURO

    1.707,90
    -25,70 (-1,48%)
     
  • BTC-USD

    50.779,26
    +1.221,29 (+2,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.015,58
    +27,49 (+2,78%)
     
  • S&P500

    3.846,22
    -24,07 (-0,62%)
     
  • DOW JONES

    31.424,45
    +32,93 (+0,10%)
     
  • FTSE

    6.624,33
    +10,58 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.841,50
    -213,75 (-1,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9234
    +0,0613 (+0,89%)
     

Banco dos Brics libera US$1 bilhão ao Brasil para combate ao coronavírus

Rodrigo Viga Gaier
·1 minuto de leitura
Notas de dólar

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), conhecido como banco dos Brics, desembolsou nesta terça-feira 1 bilhão de dólares ao governo brasileiro para apoiar o combate à Covid-19 e seus impactos socioeconômicos no país, informou o banco de fomento.

O financiamento já tinha sinalizado no ano passado, mas ainda faltavam os ritos processuais para a liberação dos recursos.

O financiamento do NDB faz parte de um programa de 10 bilhões de dólares da instituição focado na luta contra a pandemia de coronavírus. O Brasil deve receber no total 20% desse montante, o equivalente a 2 bilhões de dólares.

“A operação marca conquista do governo brasileiro na colaboração com bancos multilaterais e agências de desenvolvimento no apoio à recuperação econômica”, disse o NDB.

O bloco Brics é formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.