Mercado abrirá em 6 h 30 min

Banco Central Europeu avança em projeto de euro digital

Carolynn Look
·2 minutos de leitura
Foto: Vladimir Gerdo\TASS via Getty Images
Foto: Vladimir Gerdo\TASS via Getty Images

O Banco Central Europeu começará a testar uma versão digital do euro enquanto realiza uma consulta pública, um passo importante para a introdução da tecnologia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

“Nosso papel é garantir a confiança no dinheiro”, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde. A instituição publicou um estudo sobre as vantagens e desvantagens de uma moeda digital. “Isso significa garantir que o euro seja adequado para a era digital. Devemos estar preparados para emitir um euro digital, caso seja necessário.”

Leia também

A consulta terá início em 12 de outubro, e o experimento será realizado em paralelo. O BCE disse que decidirá em meados de 2021 se vai lançar um projeto de euro digital, que começaria com uma “fase de investigação”.

Criptomoedas como o Bitcoin, embora regularmente criticadas pelos bancos centrais como pouco mais do que ativos especulativos, estimularam um olhar mais atento sobre como as tecnologias de pagamento têm se desenvolvido.

Uma moeda digital de um banco central permitiria aos residentes da zona do euro realizarem depósitos diretamente no BCE. Normalmente, essa é uma opção apenas para bancos comerciais, governos e outros bancos centrais.

Esse passo teria implicações para a política monetária e a estabilidade financeira. O relatório do BCE recomendou a análise “se um euro digital deveria ser acessível a famílias e empresas direta ou indiretamente por meio de intermediários, se seria remunerado e se as posições em euros digitais de usuários de varejo deveriam ser limitadas”.

Um euro digital “se torna uma obrigação que, de fato, os bancos centrais - neste caso o BCE - precisam cumprir”, disse o vice-presidente do BCE, Luís de Guindos, em discussão online na sexta-feira.

Em um sinal de que o BCE leva a sério o projeto de lançar as bases para um euro digital, na semana passada entrou com pedido de marca comercial para o termo “euro digital”, de acordo com o site do Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia. Um porta-voz do BCE confirmou o pedido.

Bancos centrais do mundo todo têm testado versões digitais de suas moedas, e autoridades do BCE enfatizaram recentemente a necessidade de a instituição se manter atualizada sobre as tendências tecnológicas. O Banco Popular da China provavelmente será a primeira grande instituição desse tipo a emitir uma versão digital de sua moeda após testes comerciais avançados.

Outros bancos centrais, como o Federal Reserve dos EUA e o Banco da Inglaterra, avaliam possibilidades em torno das moedas digitais, mas têm poucos planos concretos até agora.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube