Mercado abrirá em 6 h 47 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,90
    +0,61 (+0,87%)
     
  • OURO

    1.763,00
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.678,66
    -3.025,74 (-6,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,47
    -66,91 (-5,90%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.007,99
    -91,15 (-0,38%)
     
  • NIKKEI

    29.907,74
    -592,31 (-1,94%)
     
  • NASDAQ

    15.057,50
    +48,00 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2897
    +0,0450 (+0,72%)
     

“Banco Central dos Bancos Centrais” diz que autoridades devem criar moedas digitais ‘o quanto antes’

·2 minuto de leitura

Com a “corrida pelas CBDCs” aquecendo em todo o mundo, principalmente com os Bancos Centrais tentando não ficar atrás das criptomoedas, uma das maiores autoridades financeiras do mundo, o Banco de Compensações Internacionais (BSI), incentivou ainda mais esse tipo de desenvolvimento, afirmando que autoridades e Bancos Centrais precisam desenvolver moedas digitais.

Durante uma apresentação no The Eurofi Financial Forum em Ljubljana no dia 10 de setembro, o presidente do BIS, Benoît Coeuré, incentivou que as autoridades e bancos centrais precisam desenvolver suas próprias moedas digitais.

Ele informou que para que os bancos centrais possam competir com o setor de FinTech e com as iniciativas de pagamento empresariais do setor privado, os bancos centrais precisam desenvolver CBDCs (Moeda Digital do Banco Central, em português).

“Hoje o sistema financeiro está mudando bem embaixo dos nossos pés. As grandes companhias estão expandindo a presença deles no mercado de pagamento varejistas. As stablecoins estão batendo na porta, buscando aprovação regulamentar. As Finanças Descentralizadas (DeFi) estão desafiando a intermediação financeira tradicional. Isso trouxe diferentes questões regulatórias que devem ser respondidas rápida e consistentemente.” , disse Benoît.

BIS

Para o presidente do BIS, as CBDCs são uma das respostas para essas questões. Ele afirmou acreditar que uma CBDC bem desenhada e desenvolvida será uma forma neutra e segura para se tornar um meio de pagamento para esse novo ecossistema de pagamento.

O oficial do BIS também acrescentou que uma CBDC vai permitir uma infraestrutura financeira aberta que vai promover integração enquanto também beneficia a competição e a inovação, além de preservar o controle democrático de uma moeda.

“O tempo já passou para os bancos centrais começarem a avançar. Nós temos que arregaçar as mangas e acelerar o nosso trabalho no desenvolvimento de CBDC. As CBDCs vão levar anos para serem lançadas, enquanto as stablecoins e criptomoedas já estão aqui. Isso faz com que seja ainda mais urgente começarmos com esses projetos.” , complementou o presidente do bis.

As CBDCs tem sido um grande ponto de discussão entre diferentes bancos centrais, até mesmo países como a Rússia, que possuem uma estância negativa em relação ao criptomercado, já anunciaram que estão pensando no desenvolvimento da moeda digital própria.

O Brasil também considera o mesmo caminho, com anúncios desde o ano passado e discussões sobre o desenvolvimento do projeto atualmente.

Com isso temos uma verdadeira corrida dos bancos centrais para tentar manter suas moedas relevantes e competir com uma tecnologia que já existe a mais de 10 anos.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos