Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.771,31
    +142,45 (+0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Baleias compram 60.000 BTC e causam maior pico diário de acumulação

·2 minuto de leitura

O Bitcoin voltou à ultrapassar US$ 35.000 enquanto baleias causam o maior pico de acúmulo diário de 2021, com 60.000 BTC comprados.

Pela primeira vez em semanas, o Bitcoin conseguiu subir no fim de semana e avançou mais de 5% entre sábado (3) e domingo (4). Uma das principais razões dos ganhos pode ser creditada ao aumento nas compras por baleias.

De acordo com a casa de análise Santiment, as baleias de Bitcoin compraram 60.000 BTC em um dia. Em um tuíte recente, a empresa afirmou:

“Endereços de baleias de Bitcoin com 100 a 10.000 BTC começaram em julho com um pico de acúmulo de 60.000 BTC, o pico diário mais alto de 2021. Esses endereços contêm 9,12 milhões de moedas combinadas após possuírem 100.000 BTC a menos apenas 6 semanas atrás.”

Fonte: <a href="https://twitter.com/santimentfeed/status/1411584766239985670?s=20" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Santiment" class="link rapid-noclick-resp">Santiment</a>
Fonte: Santiment

Baleias acumulam Bitcoin

O gráfico indica claramente que os maiores detentores de Bitcoin estão agora acumulando quantidades consideráveis. As baleias chegaram a acumular mais de 100.000 moedas apenas nas últimas seis semanas.

O aumento no preço do Bitcoin, bem como o acúmulo de BTC pelas baleias, corresponde ao recente declínio na dificuldade de mineração. Nesta semana, a dificuldade de mineração de Bitcoin caiu em impressionantes 28% em seu maior ajuste único da história, responsável por levar a taxa de hash para a mínima de 19 meses, de 87,6TH/s.

Embora uma taxa de hash em queda possa causar preocupação, ela não é inteiramente indicativa de aumento de preços. A taxa de hash do Bitcoin tem caído junto com os endereços ativos desde que o Bitcoin atingiu seu ponto mais alto em torno de US$ 64.000. Isso mostra, na verdade, que a demanda por Bitcoin tem crescido constantemente à medida que a liquidez diminui.

Banimento na China continua

A China continua seus esforços para barrar a mineração de Bitcoin dentro do país, forçando as principais operações de mineração a se mudarem para o exterior ou fecharem completamente.

O declínio na taxa de hash está diretamente relacionado ao fechamento de operações dos mineradores de Bitcoin no país. No entanto, a baixa taxa de hash não exibe efeito negativo no preço do Bitcoin atualmente. No fechamento da matéria, a criptomoeda era negociada a US$ 35.516.

O artigo Baleias compram 60.000 BTC e causam maior pico diário de acumulação foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos