Mercado abrirá em 8 h 33 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,35 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,43 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,56
    -0,20 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.802,00
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    23.838,19
    +530,14 (+2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,07
    +14,20 (+2,61%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,07 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.228,71
    +182,94 (+0,91%)
     
  • NIKKEI

    27.979,93
    -269,31 (-0,95%)
     
  • NASDAQ

    13.214,00
    +30,75 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    +0,0021 (+0,04%)
     

Balanços fortes impulsionam índice europeu; BCE sobe juros em 0,50 p.p

Bolsa de Frankfurt, Alemanha

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 subiu nesta quinta-feira, impulsionado por uma série de balanços corporativos positivos, embora os ganhos tenham sido limitados conforme investidores avaliavam o impacto do aumento acima do esperado dos juros pelo Banco Central Europeu (BCE) em meio a crescentes preocupações com uma recessão.

Em sua primeira alta de juros em 11 anos, o BCE elevou sua taxa de depósito em 0,50 ponto percentual, para zero, indo além de sua própria orientação de um movimento de 0,25 ponto para domar a inflação em máxima recorde de 8,6%.

No entanto, o banco central não forneceu orientações sobre o ajuste esperado do custos de empréstimo em setembro, dizendo apenas que novos incrementos serão apropriados e que as decisões serão tomadas reunião por reunião.

"Esperamos que o BCE entregue outro aumento dos juros em um total de 0,50 ponto percentual antes do início do inverno (europeu). Depois disso, atualmente não esperamos mais incrementos da taxa. Em vez de uma longa trajetória de alta das taxas de juros, a normalização da política monetária do BCE atualmente parece um caminho curto", disse Carsten Brzeski, chefe global de macroeconomia do ING.

O STOXX 600 fechou em alta de 0,44%, a 424,39 pontos, após ter oscilações mais cedo na esteira da decisão do BCE e a coletiva de imprensa da presidente da instituição, Christine Lagarde. Preocupações com uma crise no fornecimento de energia na Europa, um euro mais fraco e perspectivas de que uma política monetária agressiva para conter a inflação crescente possa desencadear uma recessão global abalaram os mercados, com o STOXX 600 em queda de 13% este ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,09%, a 7.270,51 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,27%, a 13.246,64 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,27%, a 6.201,11 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,71%, a 21.196,59 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,20%, a 8.012,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,94%, a 5.884,58 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos