Balanços de empresas impulsionam bolsas na Europa

Balanços e notícias corporativas estão fornecendo algum suporte para que as bolsas europeias se mantenham em terreno positivo, em meio à cautela dos investidores com as eleições presidenciais nos Estados Unidos, nesta terça-feira. Às 8h40 (de Brasília), Londres subia 0,55%, Frankfurt avançava 0,73% e Paris ganhava 0,73%.

As ações da empresa suíça de recursos humanos Adecco subiam 2,97% na Bolsa de Zurique, impulsionadas pelo balanço da empresa, que mostrou uma alta do lucro líquido no terceiro trimestre para 118 milhões de euros, de 145 milhões de euros no mesmo período do ano passado. A receita da companhia aumentou para 5,28 bilhões de euros no terceiro trimestre, de 5,27 bilhões de euros no mesmo período de 2011. Seis analistas entrevistados pela Dow Jones tinham previsto um lucro líquido de 117 milhões de euros.

A Hannover Re avançava 5,07% na Bolsa de Frankfurt com o aumento de 63% do lucro no terceiro trimestre, para 670,8 milhões de euros, registrado pela empresa de resseguros alemã. A empresa afirmou também que era muito cedo para fornecer uma perspectiva confiável para os pedidos de indenização devido ao Furacão Sandy nos EUA.

As ações da ARM tinha alta de 3,81% na Bolsa de Londres, ajudadas por um reportagem da Bloomberg de que a Apple estava considerando maneiras para substituir os processadores da Intel em seus computadores pessoais Mac. Segundo um trader, a ARM está na primeira posição para fornecer chips à Apple. Os papéis também estão reagindo ao anúncio da ARM de que se aliou a um consórcio que está comprando os direitos da carteira de patentes da MIPS Technologies.

Os papéis da Marks & Spencer Group avançavam 1,74% em Londres, em razão da declaração da varejista de que está no caminho certo para reverter meses de fraco desempenho em sua divisão de vestuário.

Carregando...