Mercado fechado

Balança comercial tem déficit de US$ 561 milhões na 4ª semana de janeiro

Valor

O resultado decorre de exportações de US$ 2,566 bilhões e importações de US$ 3,127 bilhões, no período A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 561 milhões na quarta semana de janeiro. O resultado decorre de US$ 2,566 bilhões em exportações e importações no valor de US$ 3,127 bilhões, no período. No acumulado do mês, a balança está positiva em US$ 356 milhões, saldo 72,9% inferior ao registrado em janeiro do ano passado, considerando a média diária.

No mês, as exportações médias por dia útil, até a quarta semana, caíram 18,4% para US$ 670,4 milhões, se comparadas a janeiro do ano passado. As três categorias de produtos venderam menos, puxadas por manufaturados (-26,5% para US$ 235,1 milhões), por conta de plataforma para extração de petróleo, partes de motores e turbinas para aviação, laminados planos de ferro e aço, máquinas e aparelhos para terraplenagem e veículos de carga.

Também recuaram os embarques de semimanufaturados (-20,3% para US$ 104,7 milhões), por conta de celulose, semimanufaturados de ferro e aço, ferro fundido, ferro-ligas e óleo de soja em bruto. As vendas de básicos recuaram 10,8% para US$ 330,5 milhões, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, soja em grãos, milho em grãos, minério de cobre e farelo de soja.

Já a média diária de importações caiu 12,8% até a quarta semana de janeiro, quando comparada ao mesmo mês de 2019, para US$ 649,5 milhões. Nesse comparativo, reduziram-se os gastos, principalmente, com aeronaves e peças (-41,1%), adubos e fertilizantes (-31,3%), combustíveis e lubrificantes (-12,7%), veículos automóveis e partes (-11,9%), químicos orgânicos e inorgânicos (-7,4%).