Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.581,49
    +787,16 (+2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Baixada Santista vai fechar praias no Ano-Novo para evitar aglomeração; litoral norte segue aberto

João de Mari
·3 minuto de leitura
People enjoy a very sunny day on the coast of São Paulo, Brazil on Sept. 27, 2020. The Baixada Santista beaches with good movement of visitors in full quarantine. Bathers flock to the sand, without social detachment and protective masks. The recommendation of the Public Authorities is for the population to avoid going down to the coast and keep the quarantine at home following social isolation due to the Covid-19 pandemic. Photos of the beach in the city of Itanhaém, south coast of the state of São Paulo. (Photo: Antonio Molina/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)
A decisão foi tomada após o estado de São Paulo, comandado pelo governador João Doria (PSDB), anunciar que todas as regiões do estado passarão para a fase vermelha (Foto: Antonio Molina/Fotoarena/Sipa USA)

As cidades da Baixada Santista, litoral sul de São Paulo, vão fechar as praias de toda a região nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. De acordo com anúncio feito nesta quarta-feira (23) após reunião do Condesp (Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Baixada Santista), a medida é uma maneira de evitar aglomerações e contágio da Covid-19 durante a virada do ano nas praias.

Segundo o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), as cidades vão solicitar o apoio do governo do estado, por meio da Polícia Militar, para garantir o fechamento das praias.

Ainda segundo Barbosa, os prefeitos da região solicitam à gestão Doria que sejam feitas barreiras sanitárias nas rodovias que dão acesso à Baixada Santista, para que os turistas não se dirijam à região.

Além disso, foi feita uma solicitação à Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) para que não aconteça a operação descida nas estradas. "As estradas são da responsabilidade do governo do estado, por isso precisamos desse apoio", disse Barbosa, que também é presidente do conselho.

Leia também

A decisão foi tomada após o estado de São Paulo, comandado pelo governador João Doria (PSDB), anunciar que todas as regiões do estado passarão para a fase vermelha, a mais restrita do Plano São Paulo, entre os dias 25 e 27 de dezembro e 1 a 3 de janeiro. De licença por 10 dias, o governador viajou para Miami, nos Estados Unidos, na noite desta terça-feira (22).

O governo teme um descontrole da pandemia após as festas de fim de ano. Nas últimas quatro semanas, São Paulo registrou um salto de 54% do número de casos e de 34% nos óbitos.

Litoral Norte ainda espera decreto

Destino de muitos turistas nas férias de fim de ano, a cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, afirma que as praias estarão abertas até a próxima segunda-feira, dia 28, assim como todo o comércio. Porém, a Administração Municipal não informou se as praias irão fechar nos dias 31 e 1º de janeiro, assim como a Baixada Santista.

“Após o pronunciamento do governador do Estado, João Dória, no início da tarde desta terça-feira, 22, a Prefeitura de Ubatuba aguarda a publicação do Decreto que oficializa as medidas da fase vermelha nas datas pontuais. O executivo depende do documento para analisar a necessidade de correção, alteração ou providências a serem adotadas pela municipalidade”.

De acordo com a Prefeitura, até a próxima segunda-feira o município irá “observar o comportamento social quanto a aglomerações, higienização e uso adequado de máscaras em espaços públicos e privados” para decidir o que será feito na virada do ano. Há uma reunião marcada para o dia 28 para discutir as próximas medidas.

Até o momento, quatro leitos de UTI da Santa Casa de Ubatuba estão ocupados com pacientes de Covid-19. No total, a capacidade de leitos da Santa Casa, atualmente, é de 10 UTIs e 20 de enfermaria.

Rebaixamento para Fase Vermelha

A Prefeitura de Praia Grande explica que não concorda com o rebaixamento da Região Metropolitana da Baixada Santista para faixa vermelha do Plano SP “por não ser possível operacionalizar tais medidas restritivas há apenas dois dias do Natal”.

“Essa determinação deveria ter sido debatida há, pelo menos, trinta dias atrás. Se tal medida fosse tomada, os setores da economia teriam como se preparar para os impactos, haja vista que, por exemplo, bares e restaurantes já estocaram mercadorias para serem comercializadas nesta época do ano”, informou a Prefeitura.

Segundo a Administração Municipal, Praia Grande informa que seguirá com as medidas de combate a pandemia da Covid-19 “que já estão em andamento na cidade”, como ações de orientação e conscientização da população que ]”reforçam a obrigatoriedade do cumprimento dos protocolos sanitários como a utilização da máscara, do uso álcool em gel e do distanciamento social”.