Mercado fechará em 1 h 3 min
  • BOVESPA

    111.767,39
    -2.660,79 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.394,31
    -291,72 (-0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,45
    +1,01 (+1,23%)
     
  • OURO

    1.770,50
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    63.284,22
    +1.419,24 (+2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.467,55
    +4,19 (+0,29%)
     
  • S&P500

    4.518,28
    +31,82 (+0,71%)
     
  • DOW JONES

    35.440,98
    +182,37 (+0,52%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.388,75
    +98,25 (+0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4776
    +0,0861 (+1,35%)
     

Baixa adesão à vacinação no Brasil aumenta o risco de surtos de doenças antes controladas, como sarampo e poliomielite

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — Enquanto a imunização brasileira contra a Covid-19 avança a plenos pulmões — por volta de 67% da população já tomou ao menos uma dose — as outras vacinas previstas no Programa Nacional de Imunizações (PNI) enfrentam maior dificuldade de chegar aos braços dos grupos elegíveis.

Os dados mais amplos disponíveis no portal do Ministério da Saúde mostram que praticamente todas as vacinas disponibilizadas pelo PNI, sobretudo as que combatem doenças como sarampo, tuberculose e poliomielite, antes controladas, tiveram uma importante queda de adesão em 2020. Entram como exceção a DTP (difteria, tétano e coqueluche), a pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenzae tipo B, que desencadeia infecções no nariz, meninge e na garganta.), além da hepatite B, dada após os 30 dias de vida.

Ainda que, é claro, a pandemia e suas necessárias quarentenas tenham causado impacto na decisão da população em buscar as doses, o abandono da vacinação por parte dos brasileiros figura como tendência em gradual aumento desde 2016. E que não aparenta estar próxima de ser solucionada, dizem os especialistas em imunização.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos