Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,25
    +1,02 (+1,41%)
     
  • OURO

    1.742,30
    -36,50 (-2,05%)
     
  • BTC-USD

    44.695,28
    +1.321,49 (+3,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.119,18
    +10,26 (+0,92%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.296,75
    +133,25 (+0,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2250
    +0,0162 (+0,26%)
     

Baidu expande testes com táxis autônomos na China

·2 minuto de leitura

A Baidu anunciou a expansão do seu serviço de táxi autônomo, o Apollo Go. Segundo a empresa, conhecida popularmente como o "Google da China", os carros iniciarão as operações de transporte de passageiros em Xangai, uma das maiores cidades chinesas. Com isso, o sistema está em testes em três grandes metrópoles — Pequim e Guangzhou também oferecem as viagens.

Segundo o site Future Car, os testes em Xangai serão bem parecidos com os das outras cidades, mas com um início um pouco "maior". Em um primeiro momento serão 150 estações de embarque e desembarque espalhadas pela cidade. Esses pontos estão localizados em regiões estratégicas e convenientes, mesclando zonas residenciais e comerciais, além de uma ramificação com o sistema de transporte público local. Para chamar o carro, basta que o usuário use o app Apollo Go.

Assim como em Pequim e Guagnzhou, os carros utilizados serão os modelos Apollo Moon, que possuem condução autônoma de nível 4, ou seja, realiza todos os comandos, mas ainda necessita de supervisão humana remota. Isso é possível graças à conexão 5G, que permite a um operador assumir o controle do carro em caso de falha no software ou de algum tipo de anomalia operacional. O serviço está disponível todos os dias, das 9h30 às 23h.

Vale lembrar que a Baidu já oferece outro tipo de caronas autônomas na China. Em vez do uso dos carros Apollo Moon, a empresa opera os micro-ônibus Apolong II, projetado para operação sem qualquer intervenção humana presencial, já que não dispõe pedais nem volante. A ideia da empresa é de ofertar até mil carros autônomos em solo chinês pelos próximos três anos.

Desde 2017 com investimentos pesados em tecnologia, a Baidu se tornou um player de sucesso no promissor mercado de carros autônomos. Sua plataforma, a Apollo, é a maior do mundo nesse segmento, tendo a contribuição de mais de 200 empresas em seu desenvolvimento, entre elas BMW, Ford, Toyota, Volkswagen, Honda e Intel.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos