Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,27
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.776,40
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    34.619,90
    +1.227,35 (+3,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    837,58
    +50,96 (+6,48%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.356,25
    +2,00 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8626
    -0,0659 (-1,11%)
     

Bahia vence nos pênaltis, se vinga do Ceará e fatura o tetra da Copa do Nordeste

·1 minuto de leitura

Emoção.
Transpiração.
Disputa intensa por cada milímetro do campo.
Entradas duras e muitos cartões amarelos.
Defesas milagrosas e grandes gols.

Na tarde deste sábado (8), Ceará e Bahia protagonizaram uma partida à altura de decisão de Copa do Nordeste. Os dois rivais deixaram tudo em campo, mas apenas um deles saiu feliz da Arena Castelão: o agora tetracampeão, Bahia.

Após vencer por 2 a 1 no tempo regulamentar - gols de Rodriguinho e Gilberto, com Jael descontando para os donos da casa -, o Esquadrão brilhou nas penalidades (4x2) e celebrou mais um título regional em sua história. Jorginho e Marlon desperdiçaram suas cobranças pelo lado do Vozão, ao passo que o Bahia perdeu apenas uma batida, com Thonny Anderson parando em Richard.

Bahia se vingou de seu algoz recente, Ceará | Daniel Galber/UAI FOTO
Bahia se vingou de seu algoz recente, Ceará | Daniel Galber/UAI FOTO

A conquista teve um sabor especial para o elenco tricolor, afinal de contas, o Bahia estava com o Ceará "entalado na garganta" há bastante tempo: além da derrota por 1 a 0 no jogo de ida desta decisão, o Esquadrão havia sido derrotado pelo Vozão nas finais de 2015 e 2020.

Este foi o quarto título da história do Bahia na Copa do Nordeste, empatando com o seu maior rival, Vitória, no topo do ranking de maiores campeões da competição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos