Bahia, Ceará e Pernambuco puxam crescimento do Nordeste

O avanço da economia do Nordeste entre junho e agosto deste ano, de 1,6%, tem origem no desempenho favorável do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia, do Ceará e de Pernambuco a partir do segundo trimestre de 2009, impulsionado, a exemplo do movimento observado em âmbito nacional, pela expansão do mercado interno. As informações são do Boletim Regional Econômico, divulgado na manhã desta quinta-feira pelo Banco Central.

"Vale mencionar que essa trajetória é ratificada pelo comportamento recente de indicadores relacionados às atividades varejista e industrial, favorecido pelo maior dinamismo dos mercados de trabalho e de crédito e pela intensidade dos programas de transferência de renda do governo federal à região", diz o documento do BC.

Neste cenário, conforme o Boletim, o Índice de Atividade Econômica Regional da Região Nordeste (IBCR-NE) registrou crescimento de 1,6% no trimestre encerrado em agosto, em relação ao finalizado em maio, quando, de acordo com dados dessazonalizados, registrou expansão de 0,4% no mesmo tipo de comparação.

Carregando...