Mercado abrirá em 5 h 14 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,91
    -0,85 (-0,94%)
     
  • OURO

    1.800,80
    -4,40 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    23.850,88
    +67,21 (+0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,27
    +14,40 (+2,65%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.483,08
    +0,71 (+0,01%)
     
  • HANG SENG

    19.991,27
    -54,50 (-0,27%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    13.192,00
    +8,75 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2164
    +0,0070 (+0,13%)
     

B3 abre museu do mercado financeiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A B3 inaugura na próxima semana o MUB3, Museu da Bolsa do Brasil, que vai reunir a história do mercado de capitais brasileiro.

As visitas terão um guia virtual, que vai direcionar o público entre painéis de apresentação e objetos de época guardados nos mais de 130 anos da atividade financeira no país.

O museu vai mostrar peças como uma réplica do painel de negociações dos anos 1970, imagens dos últimos pregões presenciais, o telefone sem fio usado pelos corretores até o fim dos anos 2000 e uma réplica da máquina que fez o primeiro cálculo do Ibovespa.

Depoimentos e a história dos personagens que marcaram a história da B3 também serão distribuídos pelo museu.

O MUB3 será aberto na sexta-feira (12) e funcionará de segunda a sexta, das 9h às 17h, com entrada gratuita. Nos segundos e quartos sábados do mês o museu também ficará aberto, no mesmo horário da semana, na Rua Quinze de Novembro, 275, Centro Histórico de São Paulo.

A iniciativa é uma parceria da B3 com o Grupo Sintonize, a Expomus, a FutureBrand e tem a assinatura do historiador Fábio Correa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos