Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.528,97
    +456,35 (+0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,61
    +0,17 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.782,20
    +3,80 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    55.473,93
    +926,22 (+1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.273,82
    +39,40 (+3,19%)
     
  • S&P500

    4.134,94
    -28,32 (-0,68%)
     
  • DOW JONES

    33.821,30
    -256,33 (-0,75%)
     
  • FTSE

    6.859,87
    -140,21 (-2,00%)
     
  • HANG SENG

    28.661,58
    -474,15 (-1,63%)
     
  • NIKKEI

    28.579,80
    -520,58 (-1,79%)
     
  • NASDAQ

    13.740,00
    -54,25 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6856
    -0,0169 (-0,25%)
     

Bólido é avistado durante dia e provoca grande estrondo no Reino Unido; confira!

Wyllian Torres
·2 minuto de leitura

No último dia 20 de março deste ano, um grande estrondo sônico foi ouvido pelas regiões do sudoeste da Inglaterra, País de Gales e ao norte da França. A causa do barulho, agora revelada, foi um bólido que, de tão grande e brilhante, foi observado durante o dia. Especialistas procuram reunir as peças que indiquem o possível local de quedo do que sobrou do meteorito — o qual pode fornecer informações valiosas quanto sua origem e até a formação do Sistema Solar.

Bólidos são um tipo de meteoro que, por serem grandes, demoram mais tempo a se queimarem durante a passagem pela atmosfera da Terra; por isso, o grande brilho que normalmente é acompanhado de um som parecido com o de um avião superveloz ou uma explosão. Segundo o astrônomo amador Richard Kacerek, integrante da Rede de Observação de Meteoros do Reino Unido, o meteoro precisaria ser “muito grande” para ser visível durante o dia.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O forte estrondo provocado pela entrada do meteoro na atmosfera indica que ele teria tamanho suficiente para um pedaço alcançar o solo terrestre, como um meteorito (pedaço de rocha que sobra de um meteoro). Para pesquisas científicas, esta é uma ótima chance de capturar este pedaço vindo do espaço para entender a composição do Sistema Solar primordial.

O vídeo a seguir foi feito em Weymouth, Reino Unido, e nele é possível ouvir um grande estrondo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Agora, especialistas reúnem mais relatos de quem avistou o fenômeno para tentar localizar o possível meteorito que sobrou desta rara bola de fogo cruzando o céu diurno.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: