Mercado fechará em 2 h 40 min

Azul pretende atender 200 cidades em até quatro anos, disse Rodgerson

Mariana Ribeiro

Ele comentou também a nova rota da Azul, anunciada hoje, de Campinas (SP) para Nova York (EUA) O diretor-presidente da Azul, John Rodgerson, disse que a companhia pretende chegar a 200 cidades no país no prazo de três a quatro anos. Rodgerson reuniu-se hoje com o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, para, segundo ele, discutir a expansão da companhia e formas de aumentar a eficiência no setor.

“A gente recebe uma aeronave da Embraer e tem que exportar para depois importar a própria aeronave. Conversamos com o secretário a respeito disso”, disse após o encontro. O executivo questionou a necessidade deste processo e o dinheiro gasto à toa, além dos impactos causados ao meio ambiente.

“Estamos crescendo muito e estamos conversando sobre como podemos trabalhar melhor juntos”, afirmou, destacando que a aquisição da TwoFlex vai ao encontro desse objetivo de expansão.

“Muitos lugares no Brasil precisam ser conectados.” Com a aquisição da companhia aérea regional Twoflex, a Azul deve chegar a 140 cidades.

Ele comentou também a nova rota da Azul, anunciada hoje, de Campinas (SP) para Nova York (EUA). “Vai ser a única rota, fora de Guarulhos, que está indo para Nova York. Estamos muito animados para isso. A Azul está crescendo em lugares onde os concorrentes não estão, fora das grandes capitais.”

Rodgerson, da Azul

Ana Paula Paiva/Valor