Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,68
    +0,48 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.762,40
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    16.459,53
    +240,31 (+1,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    389,69
    +0,96 (+0,25%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.504,00
    -20,75 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4524
    -0,0968 (-1,74%)
     

AWS lança região de infraestrutura na Suíça

A Região AWS Europa (Zurique) permite que os clientes executem cargas de trabalho e armazenem dados com segurança na Suíça enquanto atendem usuários finais com latência ainda menor

Estima-se que a nova Região AWS gerará mais de 2.500 empregos em período integral anualmente através de um investimento planejado de mais de $5,9 bilhões de dólares (aproximadamente 5,9 bilhões de francos suíços) na Suíça até 2036

Dezenas de milhares de clientes ativos na Suíça, incluindo a Clariant, iNovitas, Richemont, o Gabinete Federal de Topografia da Suíça, Swisscom, Verity e o Zurich Insurance Group, estão inovando com a AWS

SEATTLE, November 10, 2022--(BUSINESS WIRE)--A Amazon Web Services, Inc. (AWS), uma empresa da Amazon.com, Inc. (NASDAQ: AMZN), anunciou hoje o lançamento da Região AWS Europa (Zurique). Com início hoje, desenvolvedores, startups, empreendedores e empreendimentos, bem como organizações governamentais, educacionais e sem fins lucrativos, terão uma opção ainda melhor para executar seus aplicativos e atender os usuários finais a partir de centros de dados localizados na Suíça, usando as tecnologias avançadas da AWS para impulsionar inovação. A AWS também divulgou um estudo do impacto econômico, estimando que o gasto da empresa na construção e operação da nova Região gerará uma média de mais de 2.500 empregos em período integral anualmente em negócios externos na cadeia de suprimento suíça de centros de dados, com um investimento planejado de $5,9 bilhões de dólares (5,9 bilhões de francos suíços) até 2036. A Região AWS Europa (Zurique) também adicionará um valor estimado de $16,3 bilhões de dólares (16,3 bilhões de francos suíços) ao produto interno bruto (PIB) da Suíça durante os próximos 15 anos. Para mais informações sobre a Infraestrutura Global da AWS, acesse aws.amazon.com/about-aws/global-infrastructure.

"De startups e empresas de médio porte a empreendimentos e organizações governamentais, milhares de organizações comerciais, sem fins lucrativos e do setor público em toda a Suíça estão mobilizando seus usuários finais e crescendo globalmente com o suporte da AWS", disse Prasad Kalyanaraman, vice-presidente de serviços de infraestrutura da AWS. "Com a nova Região AWS Europa (Zurique), temos sete Regiões AWS e 21 zonas de disponibilidade na Europa: em Frankfurt, Irlanda, Londres, Milão, Paris, Estocolmo e, agora, Zurique. Isso é uma continuação do nosso investimento a fim de apoiar clientes de todos os tipos, ajudar startups a escalonar e crescer, possibilitar desenvolvimento de habilidades técnicas e ajudar as organizações a criar aplicativos operados na nuvem que reinventam serviços para os usuários finais".

"Estamos contentes que a AWS continua investindo na Suíça, permitindo novas possibilidades para que os negócios e cidadãos aproveitem tecnologias inovadoras na nuvem", disse Dieter Egli, conselheiro governamental e chefe do Departamento de Assuntos Econômicos e do Interior do cantão de Argóvia na Suíça. "A abertura da nova Região de infraestrutura da AWS é um marco importante para nossos empreendimentos regionais e para a agenda de transformação digital que promoverá e acelerará ainda mais a rápida introdução de novas soluções digitais em nossa unidade de tecnologia e engenharia no coração da Europa".

Com o lançamento da Região AWS Europa (Zurique), a AWS chega a 90 zonas de disponibilidades em 28 áreas geográficas, com planos anunciados de lançar mais 21 zonas de disponibilidade e mais sete Regiões AWS na Austrália, no Canadá, na Índia, em Israel, na Nova Zelândia, na Espanha e na Tailândia. As Regiões AWS são compostas de zonas de disponibilidade que posicionam infraestrutura em localizações geográficas separadas e distintas. A Região AWS Europa (Zurique) consiste de três zonas de disponibilidade e é a sétima Região AWS na Europa. As zonas de disponibilidade são localizadas longe o suficiente umas das outras, apoiando a continuidade dos negócios dos clientes, mas perto bastante para fornecer baixa latência para aplicativos de alta disponibilidade que usam várias zonas de disponibilidade. Cada zona de disponibilidade tem energia, resfriamento e segurança física independentes, e está conectada por meio de redes de latência ultrabaixa e redundante. Os clientes da AWS focados em alta disponibilidade podem desenhar seus aplicativos para que sejam executados em várias zonas de disponibilidade para alcançar uma tolerância ainda maior contra falhas. O lançamento da Região AWS Europa (Zurique) permitirá que os clientes locais com requerimentos de residência de dados armazenem dados com segurança na Suíça, ao passo em que fornecerá aos clientes uma latência ainda menor em todo o país.

A AWS planeja investir um valor estimado de $5,9 bilhões de dólares (aprox. 5,9 bilhões de francos suíços) na Suíça durante os próximos 15 anos através da nova Região AWS Europa (Zurique). Esse investimento inclui gastos de capital na construção de centros de dados, despesas operacionais relacionadas com custos constantes das instalações e contas de serviços públicos, e a compra de mercadorias e serviços de negócios regionais. Também estima-se que o investimento gerará uma média de mais de 2.500 empregos anualmente durante esse período. Esses empregos, incluindo construção, manutenção da instalação, engenharia, telecomunicações e também dentro do escopo econômico nacional mais amplo, farão parte da cadeia de suprimentos da AWS na Suíça. Estima-se, ademais, que a construção e a operação da infraestrutura da AWS na Suíça adicionarão $16,3 bilhões de dólares (aprox. 16,3 bilhões de francos suíços) ao PIB da Suíça nos próximos 15 anos.

Os clientes dão as boas-vindas à Região AWS Europa (Zurique)

Mais de 10.000 clientes na Suíça se juntam a milhões de clientes ativos que usam a AWS todo mês em mais de 190 países ao redor do mundo. Entre as empresas suíças de pequeno e grande porte que usam a AWS na execução das suas cargas de trabalho de missão crítica para gerar economias de custo, acelerar inovação e disparar o tempo de comercialização estão Buildigo, Clariant, Crisalix, Datwyler, Dentsu Tracking, Explora Journeys, Fisch Asset Management, GSR Zug, Helvetia Group, Hexagon, Hilti, Idorsia, iNovitas, Invit Travel, iptiQ, Klarpay, Kudelski Group, lastminute.com, Neue Zürcher Zeitung, OC Oerlikon Corporation AG, Partners Group, Richemont, Ringier, Swiss Marketplace Group, Swiss Re, Swisscom, Syngenta, Ubique, u-blox e Zurich Insurance Group. As principais startups do país que construíram seus negócios com base na AWS para escalonar rapidamente e expandir seu alcance geográfico em minutos incluem a ANYbotics, Edgelab, FemTec Health (anteriormente AVA), flovtec, GenomSys, holo|one, RetinAI, Smallpdf, SonarSource e Verity. Entre as organizações do setor público que usam a AWS para transformar os serviços que prestam aos cidadãos suíços estão o Centro de IA em Eidgenössische Technische Hochschule Zürich (ETH Zürich), a BERNMOBIL, a EF Education First, a Radiotelevisione svizzera (RSI), o Gabinete Federal de Topografia da Suíça (Swisstopo) e o Swiss Post.

Como uma das principais empresas químicas especializadas do mundo, a Clariant lida com desafios importantes, incluindo eficiência de energia, matérias-primas renováveis, mobilidade sem emissão e conservação de recursos finitos. De 2020 a 2022, a Clariant migrou seus centros de dados regionais ao redor do mundo para a AWS. "Ao decidir mudar dos serviços gerenciados no local para a nuvem, buscamos uma solução ágil, porém com custo-benefício para apoiar nosso modelo de negócios bem como nossas atividades de fusão e aquisição. Com a AWS, nos foi possível construir uma infraestrutura mais segura, melhorar a qualidade e a velocidade dos fornecimentos, além de padronizar e consolidar nosso modelo de serviços. Desde que migramos para a AWS, cortamos custos dos nossos centros de dados globais em 27% e formamos uma nova equipe interna de competência na nuvem em apenas dois anos", afirmou Ali Khosravi, chefe de operação tecnológica global da Clariant. "Como uma empresa global que opera a partir da Suíça e executa na principal nuvem mundial, apreciamos o lançamento da nova Região AWS Europa (Zurique) para atender ainda melhor as necessidades do nosso negócio e dos nossos clientes ao redor do mundo".

A iNovitas, principal provedora suíça de serviços de imagens na nuvem, entrega um ambiente de imagens panorâmicas 3D de alta resolução e com referência geográfica (imagens de ruas em 3D) para simplificar a manutenção e gestão de infraestruturas. "Escolhemos a AWS como nosso provedor na nuvem preferido em um estágio bem cedo, pois oferecia a melhor a confiabilidade, flexibilidade e escalabilidade requerida para desenvolvermos e executarmos nossos serviços", afirmou Joel Burkhard, diretor tecnológico da iNovitas. "Desde o início dos negócios em 2011, contamos com os serviços da AWS, como Amazon S3 e Amazon EC2, para construir e escalonar nosso negócio construído na nuvem e digitalizar mais de 77.000 km de ruas, 11.000 km de vias ferroviárias e 200 km de margens fluviais na Suíça, Alemanha, Áustria e Suécia, resultando no processamento e armazenamento de mais de 2,6 petabytes de dados de imagens. Para um empreendimento pequeno com recursos tecnológicos limitados como o nosso, os benefícios oferecidos pela AWS são atrativos. Usar a AWS nos permite inovar rapidamente e acessar tecnologias de aprendizagem de máquina, como a Amazon Rekognition, para análise de imagens e vídeos que, de outra forma, não estariam disponíveis para nós ou seriam muito caras. A nova Região AWS dá novas oportunidades para atendermos mais clientes, especialmente os que preferem manter seus dados armazenados na Suíça".

O grupo global de luxo, Richemont, dono das marcas Cartier, Montblanc, IWC Schaffhausen e Van Cleef & Arpels, transferiu toda a infraestrutura de tecnologia da informação (TI) do seu empreendimento, incluindo 120 instâncias SAP, para a AWS, seu provedor preferido na nuvem. "A AWS, com a profundidade e amplitude dos seus serviços, nos permite fornecer aos clientes novas experiências digitais de maneira mais rápida, incluindo serviços personalizados de estilização e na vitrine, consultas por chamada de vídeo com desfiles de moda customizados aos gostos dos compradores e ofertas sob medida para acesso antecipado a artigos novos antes que sejam lançados nas lojas", afirmou Kim Hartlev, diretor de informações da Richemont. "Estamos contentes que a AWS trouxe uma nova Região de infraestrutura ao nosso mercado local na Suíça, pois será um impulsionador importante para o escalonamento, curadoria e ainda mais personalização das experiências de compras dos nossos clientes".

A Swisscom, principal empresa de telecomunicações na Suíça, selecionou a AWS como seu provedor preferido na nuvem para acelerar sua estratégia de transformação digital e apoiar sua mudança para uma rede 5G construída para a nuvem. A Swisscom também é Parceira da AWS, com profunda expertise técnica e da indústria, ajudando as empresas suíças a migrar para a nuvem e adotar tecnologias avançadas. "Nossos clientes sempre contaram com a Swisscom para se conectar com o mundo usando a melhor tecnologia disponível", declarou Frank Dederichs, diretor de informação tecnológica da Swisscom. "Temos um relacionamento bem-sucedido com a AWS há vários anos, não só como provedora de tecnologia e na nuvem, mas também como parceira confiável e inspiradora, que provê serviços de alta categoria na nuvem para os clientes. A abertura da Região AWS Europa (Zurique) com os mesmos altos níveis de proteção de dados, privacidade do usuário e conformidade regulatória das outras Regiões ao redor do mundo é uma ótima notícia para nós e para todas as empresas de tecnologia na Suíça".

A Swisstopo, agência federal de mapeamento da Suíça, adotou a AWS em 2010 para capacitar seus serviços e sistema digital de informações geográficas para mais de 80.000 usuários diariamente em todo o país. "Graças ao fornecimento automático, conseguimos escalonar horizontalmente sob demanda e uma redução no tempo de configuração de hardware de 10 semanas para menos de uma hora", afirmou Hanspeter Christ, chefe de tecnologias de informações geográficas da Swisstopo. "A nova Região AWS abrirá novas possibilidades para oferecermos aos usuários acesso ainda mais rápido aos nossos serviços e as melhores experiências do setor, com a opção adicional de armazenar dados na Suíça".

Fundada em 2014, a startup de tecnologia profunda Verity fornece sistema automatizado de gestão de inventário acionados por drones autônomos, que cria um novo padrão para superlojas varejistas, provedores de logística terceirizados e fabricantes. "Nosso sistema usa drones para coletar e processar dados de inventário precisos na periferia, até 10 gigabytes por voo, por drone, e usa a AWS para transferir os dados para a nuvem", afirmou Raffaello D'Andrea, fundador da Verity. "Com a habilidade de identificar discrepâncias entre dos dados armazenados no sistema de gestão de depósito do cliente e onde o inventário realmente está ou não está no depósito, os clientes ganham informações valiosas que geram maiores eficiências operacionais e ajudam a cortar custos de mão-de-obra e equipamentos, eliminar erros e interrupções, e reduzir desperdícios e emissões de CO2. As poderosas APIs e os serviços gerenciados da AWS nos ajudam levar nosso negócio ao próximo nível e escalonar rapidamente. Ao usar os serviços tecnológicos da AWS, a Verity está tornando realidade a ideia de ter um depósito com zero erros para nossos clientes".

Os Parceiros da AWS localizados na Suíça também dão as boas-vindas à Região AWS Europa (Zurique)

A Rede de Parceiros da AWS (APN, AWS Partner Network) inclui dezenas de milhares de fornecedores independentes de software (ISVs, independent software vendors) e integradores de sistemas (SIs, systems integrators) ao redor do mundo. Os Parceiros da AWS constroem soluções e serviços inovadores na AWS, e a APN ajuda proporcionando suporte empresarial, técnico, de marketing e chegada ao mercado aos clientes. Os SIs da AWS, parceiros de consultoria e ISVs ajudam os clientes empresariais e do setor público a migrarem para a AWS, empregarem aplicativos de missão crítica e fornecerem uma linha completa de serviços de monitoramento, automação e gestão para os ambientes dos clientes na nuvem. Exemplos de Parceiros da AWS localizados na Suíça incluem 1plusX (uma empresa TripleLift), Amanox Solutions, amazee.io, Appway, Avaloq, Beekeeper, BSI, copebit, crealogix, dbi services, ELCA Cloud Services SA, Finnova, Ingram Micro, Nexthink, Secutix, SmartWave, SoftwareONE, Swisscom, TD SYNNEX, Trivadis, WebGate Consulting e Zühlke Technology Group. Para uma lista completa de Parceiros da AWS, acesse aws.amazon.com/partners.

A ELCA Cloud Services SA, conhecida como ELCA, foca em serviços na nuvem e gerenciados no local de trabalho e faz parte do ELCA Group, um dos maiores provedores independentes de serviços completos de TI da Suíça. "A abertura da nova Região AWS é um momento crucial na aceleração da transformação e inovação das empresas suíças, particularmente aquelas em setores altamente regulamentados, como serviços financeiros, de saúde e governamental. É essencial para a ELCA conseguir obter benefícios com o portfólio da AWS na nuvem na Suíça para nos ajudar a melhor servir as necessidades dos nossos clientes", afirmou Maxime Claux, vice-presidente da ELCA. "A nova Região AWS aflorará todo o potencial da nuvem para as organizações do setor público, empresas de médio porte e empreendimentos suíços. Permitirá que eles empreguem aplicativos com segurança, aumentem eficiências, melhorem o desempenho e cumpram os requerimentos de residência de dados. O investimento contínuo da AWS também ajudará a ELCA a expandir nosso negócio e treinar profissionais locais na nuvem para apoiar ainda mais os esforços de transformação digital da Suíça".

A SoftwareONE é líder global em gestão de software e portfólio na nuvem, com mais de 9.000 especialistas em tecnologia em mais de 90 países, fornecendo soluções de software e tecnologia na nuvem de ponta a ponta. "Assim como a AWS, a SoftwareONE é pioneira em moldar a maneira como os clientes ao redor do mundo empregam tecnologia e inovam. Estamos orgulhosos de trabalhar conjuntamente com a AWS para ajudar nossos clientes a fortalecer sua confiabilidade, flexibilidade, escalabilidade, segurança e conformidade na nuvem", afirmou Reinhard Waldinger, presidente da SoftwareONE EMEA. "Como uma empresa global com sede na Suíça, apreciamos o crescimento e investimento contínuos que a AWS está fazendo na região, à medida que demonstra quão importante a Suíça é no espaço tecnológico internacional. Esperamos capacitar nossos clientes com a escala e agilidade da AWS Cloud para impulsionar e crescer ainda mais, ao mesmo tempo que fornecemos segurança e habilidades na nuvem".

Investimento da AWS na Suíça

As empresas suíças estão entre as primeiras a adotar os serviços na nuvem na Europa, e, com o crescimento do número de clientes suíços, cresceu também a presença da AWS no país. A nova Região AWS Europa (Zurique) é o mais recente investimento contínuo da AWS na Suíça. A fim de apoiar sua base de clientes em rápido crescimento em todo o país, a AWS abriu dois escritórios na Suíça (em Zurique em 2016, e em Genebra em 2017), e criou novos empregos, como para especialistas técnicos, arquitetos de soluções, gestores técnicos de contas, gestores de parceiros, engenheiros de sistemas e especialistas em serviços profissionais.

A AWS estabeleceu pontos de presença em Zurique (2017 e 2019), conectando a Suíça ao cerne da rede da AWS e dando aos clientes acesso aos serviços da AWS, como Amazon CloudFront e AWS Direct Connect, entre outros. A Amazon CloudFront é uma rede de entrega de conteúdos altamente segura e programável, que acelera a entrega de dados, vídeos, aplicativos e interfaces de programação de aplicativos (APIs) aos usuários com baixa latência e altas velocidades de transferência mundialmente. A AWS Direct Connect permite que os clientes estabeleçam conectividade privada entre a AWS e seu centro de dados, escritório ou ambiente de colocação. Isso pode reduzir os custos de rede, aumentar a taxa de transferência da largura de banda e fornecer uma experiência de rede mais consistente.

Em dezembro de 2019, a AWS lançou a AWS Outposts na Suíça. O AWS Outposts dá aos clientes e parceiros na Suíça acesso aos mesmos serviços de infraestrutura, APIs e ferramentas da AWS em basicamente qualquer centro de dados, espaço de colocação e instalação no local, fornecendo uma experiência híbrida verdadeiramente consistente. A AWS Outposts permite que os clientes e parceiros executem serviços importantes da AWS nos seus próprios centros de dados, ao passo em que conectam com uma ampla gama de serviços globais de infraestrutura da AWS.

A AWS continua investindo na qualificação de desenvolvedores locais, de estudantes e da próxima geração de líderes de TI na Suíça por meio de programas como AWS re/Start, AWS Academy e AWS Educate. Esses programas ajudam alunos de todos os tipos e experiências a se prepararem para carreiras na nuvem. De cursos de ensino superior a programas de treinamento em período integral e conteúdo de aprendizado individualizado ao ritmo do aluno, os programas educativos da AWS dão acesso às habilidades necessárias para iniciar ou desenvolver uma carreira na nuvem. Várias universidades na Suíça, incluindo a Fachhochschule Luzern, Fachhochschule Nordwestschweiz (FHNW) e Technische Berufsschule Zürich, oferecerem cursos da AWS Academy como parte do seu currículo. Até o momento, 32 instituições suíças participaram do programa da AWS Academy e 16 ofereceram aulas em 2022.

Como parte do seu programa AWS re/Start, a AWS colabora com provedores educacionais e de treinamento da Suíça, como Powerhouse Lausanne e Powercoders em programas voltados para desempregados e subempregados. Os programas preparam os indivíduos sem experiência técnica para carreiras na nuvem e os conectam a possíveis empregadores.

A AWS fechou parceria com a associação ICT Berufsbildung Schweiz por vários anos para fornecer educação e treinamento profissionalizante a trabalhadores suíços. Em 2020, a AWS apoiou a associação em seus esforços para reformular o currículo nacional de TI, ajudando a desenvolver novos módulos sobre tecnologia na nuvem, que são ensinados a todos os aprendizes de TI na Suíça (3.000 por ano) desde 2021.

Para continuar promovendo empreendedorismo na Suíça, a AWS oferece apoio às startups e pequenos negócios através do programa AWS Activate. Esse programa dá acesso à orientação, consulta individualizada com especialistas da AWS, treinamento na web, laboratórios ao ritmo do participante, suporte ao cliente, ofertas de terceiros e a oportunidade de acessar até $100.000 em créditos de serviços da AWS, tudo sem custo nenhum. A AWS também trabalha com investidores de capital de risco, aceleradores de startups e incubadoras para ajudar as startups a crescer na nuvem. Na Suíça, isso inclui a promoção de empreendedores como a Swiss Startup Association e Swisspreneur, bem como empresas de capital de risco como btov, F10, Redalpine, Verve Ventures e Wingman Ventures, para apoiar o rápido crescimento das empresas do seu portfólio.

Compromisso com a sustentabilidade

A Amazon está comprometida em se tornar um negócio mais sustentável e atingir zero carbono líquido em suas operações até 2040, 10 anos antes do Acordo de Paris, como parte do The Climate Pledge (Compromisso Climático). A Amazon cofundou o Compromisso Climático e foi a primeira a assiná-lo em 2019. Como parte do comprometimento com o Compromisso Climático, a Amazon segue rumo a equipar suas operações com 100% de energia renovável até 2025, cinco anos antes da meta original, em 2030. A Amazon é a maior compradora corporativa de energia renovável do mundo e, no final de 2021, atingiu 85% de energia renovável em seus negócios. Consulte a metodologia pública da Amazon para saber mais sobre sua abordagem. As organizações que transferirem cargas de trabalho de informática para a AWS podem se beneficiar do efeito líquido dos esforços de sustentabilidade da Amazon em reduzir sua pegada de carbono. Comparada com os recursos computacionais de uma empresa comum europeia, a infraestrutura da AWS tem até cinco vezes mais eficiência de energia.

Sobre a Amazon Web Services

Há mais de 15 anos, a Amazon Web Services tem sido a oferta na nuvem mais abrangente e amplamente adotada no mundo. A AWS tem expandido continuamente seus serviços para oferecer suporte a praticamente qualquer carga de trabalho na nuvem e, agora, tem mais de 200 serviços completos para computação, armazenamento, bancos de dados, redes, análises, aprendizado de máquina e inteligência artificial (IA), Internet das Coisas (IoT, Internet of Things), mobilidade, segurança, híbrido, realidade virtual e aumentada (VR e AR, virtual and augmented reality), mídia, e desenvolvimento, implantação e gerenciamento de aplicativos de 90 zonas de disponibilidade em 28 regiões geográficas, com planos anunciados para mais 21 zonas de disponibilidade e mais sete Regiões AWS na Austrália, Canadá, Índia, Israel, Nova Zelândia, Espanha e Tailândia. Milhões de clientes, inclusive as startups que mais crescem, as maiores empresas e as principais agências governamentais, confiam na AWS para alimentar sua infraestrutura, tornar-se mais ágil e reduzir custos. Para saber mais sobre a AWS, acesse aws.amazon.com.

Sobre a Amazon

A Amazon é orientada por quatro princípios: obsessão pelo cliente em vez de foco no concorrente, paixão por invenção, compromisso com a excelência operacional e pensamento de longo prazo. A Amazon se dedica a ser a empresa mais centrada no cliente da Terra, a melhor empregadora da Terra e o lugar mais seguro para trabalhar da Terra. Avaliações de clientes, compras com um clique, recomendações personalizadas, Prime, Fulfillment by Amazon, AWS, Kindle Direct Publishing, Kindle, Career Choice, tablets Fire, Fire TV, Amazon Echo, Alexa, a tecnologia Just Walk Out, Amazon Studios e o Compromisso Climático são alguns dos negócios lançados pela Amazon. Para mais informações, acesse amazon.com/about e siga @AmazonNews.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20221108006280/pt/

Contacts

Amazon.com, Inc.
Linha direta para mídia
Amazon-pr@amazon.com
www.amazon.com/pr