Mercado fechado

Avianca Holdings tem redução de 9,5% no transporte de passageiros em dezembro

Cibelle Bouças

A oferta de assentos no mesmo período caiu 8,1% e a taxa média de ocupação nos voos caiu 1,2 ponto percentual, para 80,8% A colombiana Avianca Holdings, que reúne as empresas Avianca, Tampa Cargo, Aerolíneas Galápagos (Aerogal) e Taca, informou nesta segunda-feira (27) que, em dezembro de 2019, o transporte de passageiros recuou 9,5% em comparação com o mesmo mês do ano anterior.

A oferta de assentos no mesmo período caiu 8,1%. A taxa média de ocupação nos voos caiu 1,2 ponto percentual, para 80,8%.

Em voos domésticos, a companhia registrou queda de 8,5% no transporte de passageiros e retração de 7% na oferta de assentos. A taxa média de ocupação nos voos domésticos subiu 1,4 ponto percentual, para 82,9%. A Avianca Holdings opera voos domésticos na Colômbia, no Peru e no Equador.

Em voos internacionais, a Avianca Holdings registrou queda de 10% no transporte de passageiros. A oferta de assentos da companhia em voos internacionais encolheu 8%. A taxa média de ocupação dos voos internacionais foi de 80,4%, com queda de 1,8 ponto percentual.

No ano de 2019, a companhia transportou 30,5 milhões de passageiros pagos, número 0,2% inferior ao registrado um ano antes. A oferta de assentos no ano cresceu 2,4%. A taxa média de ocupação dos voos da Avianca em 2019 caiu 1,3 ponto percentual, para 81,7%.