Mercado fechará em 1 h 48 min
  • BOVESPA

    112.900,41
    +1.974,80 (+1,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.391,25
    -66,30 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,62
    +0,40 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.809,00
    -6,20 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    16.950,45
    -16,49 (-0,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    402,17
    +0,75 (+0,19%)
     
  • S&P500

    4.061,89
    -14,68 (-0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.335,01
    -60,00 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.940,00
    -122,75 (-1,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4782
    +0,0128 (+0,23%)
     

Avião espacial secreto da China lança objeto misterioso após 90 dias em órbita

O avião espacial reutilizável da China implementou pela segunda vez um objeto em órbita, de acordo com o rastreamento da Força Espacial dos EUA. Lançado em 4 de agosto, o veículo secreto está na orbitando a Terra há 90 dias.

A nave espacial chinesa CSSHQ foi lançada no foguete Long March 2F a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, do deserto de Gobi. Essa é a segunda missão de teste do veículo e especula-se que seja semelhante ao Boeing X-37B, da Força Espacial dos EUA.

Não se sabe que tipo de objeto foi lançado do avião, mas ele foi detectado pelo 18º Esquadrão de Defesa Espacial da Força Espacial dos EUA e adicionado em um banco de dados no dia 31 de outubro. Ele está aparentemente se mantendo "preso" à nave principal usando propulsores para acompanhá-la, ou amarras, informa o Orbital Focus.

De acordo com as informações, ele está muito próximo da espaçonave. Por isso, não há muita certeza sobre o dia que foi liberado — o objeto só entrou no banco de dados quando havia certeza que se tratava de um objeto separado do avião. Pode ter sido lançado da nave entre os dias 24 e 31 de outubro.

Abaixo, a carenagem do foguete Long March 2F que lançou o CSSHQ é levada para exibição na escola de ensino médio Henan Jiyuan. As peças dão algumas pistas sobre o tamanho do avião: ele pode ser maior que 4,2 m, de acordo com a análise do CNSA Watcher.

Um objeto também foi lançado do avião espacial chinês durante sua primeira missão, em setembro de 2020. Na ocasião, o veículo permaneceu em órbita durante dois dias e o objeto implementado por ele transmitiu sinais em banda S por algumas semanas.

A China não divulgou informações sobre a nave, tampouco sobre os objetivos da missão ou a natureza do objeto deixado por ela na órbita terrestre. É provável que se trate de um pequeno satélite para monitorar o avião ou uma carga útil de algum parceiro comercial.

Se ele de fato for semelhante ao Boeing X-37B, a nave chinesa é um tipo de avião parecido com os extintos ônibus espaciais, lançados ao espaço por um foguete e pousando como um avião convencional ao voltar à Terra.

Maiores detalhes sobre o X-37B também são segredo de estado. Não há evidências para suspeitar que os dois veículos tenham natureza militar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: