Mercado abrirá em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,46
    +0,70 (+0,84%)
     
  • OURO

    1.800,20
    +3,90 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    62.592,81
    +1.655,79 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.245,72
    +41,17 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.380,25
    +39,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5653
    -0,0155 (-0,24%)
     

Aves assassinas eram criadas como galinhas por nossos antepassados

·1 minuto de leitura

A ave mais perigosa do mundo, o casuar, é um animal extremamente forte e perigoso, capaz de eviscerar o que estiver em sua frente, inclusive humanos. Mesmo com toda essa agressividade, um novo estudo sugere que esses animais eram criados pelos nossos antepassados há cerca de 18 mil anos.

A criação acontecia na Nova Guiné, ilha na região sudoeste do Pacífico, e a descoberta foi feita através da análise de mil fragmentos de cascas de ovos do animal, encontrados fossilizados. O material foi avaliado através da combinação de imagens em 3D, modelagem computacional e da morfologia dos ovos. Os pesquisadores acreditam que os humanos que viviam por lá coletaram ovos de casuar prestes a entrar em fase final de fertilização, e criado as aves até que atingissem a vida adulta.

<em>Imagem: Reprodução/Anja Schröder/Pixabay </em>
Imagem: Reprodução/Anja Schröder/Pixabay

"Este comportamento que estamos vendo vem de milhares de anos antes da domesticação da galinha", conta Kristina Douglass, uma das responsáveis pelo estudo. Ela diz que a descoberta é incomum, visto que a ave é "grande, teimosa, que não pode voar e pode eviscerar você". Os pesquisadores dizem ainda que os filhotes de casuar podem se apegar aos humanos facilmente até crescerem, acreditando que eles são suas mães, o que justifica a segurança dos humanos em relação à agressividade do animal.

Douglass diz que os ovos podem ter sido coletados tanto para alimentação quanto para o uso das penas, mas também é possível considerar uma tentativa de criação doméstica. Independente da finalidade, a descoberta pode ser a prova de que a população de Nova Guiné foram os primeiros humanos conhecidos a domar a ave violenta.

O estudo com a descoberta está disponível neste link.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos