Mercado abrirá em 5 h 31 min

Avatar: O Caminho da Água lucra o suficiente para garantir sequências

Avatar: O Caminho da Água não surpreendeu tanto em bilheteria no fim de semana de estreia, mas não demorou para que passasse a alcançar números absurdos. Com isso, a confirmação das sequências está cada vez mais certa.

James Cameron, diretor do filme, já havia revelado que Avatar 2 demorou para ser lançado porque estava gravando todas as sequências ao mesmo tempo. No entanto, havia a preocupação com os números de O Caminho da Água, que seriam determinantes para que a franquia continuasse funcionando.

<em>O sucesso nas bilheterias estão garantindo as sequências de Avatar (Imagem: Divulgação/20th Century Studios)</em>
O sucesso nas bilheterias estão garantindo as sequências de Avatar (Imagem: Divulgação/20th Century Studios)

Sequências

Em entrevista à imprensa norte-americana na semana passada, Cameron disse que tudo vai ficar bem e que os filmes Avatar 3, 4 e 5 se tornarão realidade nos próximos seis ou sete anos. O terceiro filme da franquia, inclusive, já está programado para chegar aos cinemas no final de dezembro de 2024, e o restante deve chegar em 2026 e 2028.

Os custos de produção de Avatar: O Caminho da Água chegaram a mais de US$ 400 milhões, sem contar o valor gasto com ações de marketing, que expandem o valor total para US$ 600 milhões. Até então, o lucro do longa nas bilheterias ultrapassa US$ 1,7 bilhão.

<em>Os próximos filmes devem abordar outros elementos da natureza (Imagem: Divulgação/20th Century Studios)</em>
Os próximos filmes devem abordar outros elementos da natureza (Imagem: Divulgação/20th Century Studios)

Em declarações recentes à imprensa, James Cameron deu a entender que os próximos filmes tratarão de outros elementos da natureza. Depois de acontecer na terra e na água, respectivamente, Avatar 3 deve nos apresentar a outro clã Na'vi, desta vez relacionado ao fogo.

Avatar: O Caminho da Água já está no top 10 de filmes com a maior bilheteria da história, até o momento na sétima colocação, e ainda deve permanecer nos cinemas por mais tempo e atingir novos recordes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: