Mercado fechará em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    119.564,44
    0,00 (0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,34
    -0,29 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.793,70
    +9,40 (+0,53%)
     
  • BTC-USD

    57.504,29
    +1.808,72 (+3,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.477,90
    +72,59 (+5,17%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,34 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.050,21
    +10,91 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.475,75
    -15,25 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4041
    -0,0228 (-0,35%)
     

Avanço do mar faz Havaí declarar estado de emergência

Karol Albuquerque
·2 minuto de leitura
Avanço do mar faz Havaí declarar estado de emergência
Avanço do mar faz Havaí declarar estado de emergência

O Havaí é o primeiro estado dos Estados Unidos a declarar estado de emergência por causa do aumento do nível do mar. O poder legislativo do estado insular aprovou uma resolução na quinta-feira (29), destacando a ameaça causada pela mudança climática global.

Não é surpresa o arquipélago ser pioneiro. O Havaí enfrenta queda no abastecimento de água potável, elevação do nível do mar mudando o litoral, áreas secas com cada vez mais estiagens e locais úmidos sofrendo com inundações. Como se não bastasse tudo isso, a Agência Nacional do Clima alertou, em 2018, que os recifes de coral havaianos devem sumir até o final do século 21.

Leia mais:

Áreas secas estão cada vez mais secas, enquanto locais úmidos enfrentam inundações no Havaí. Imagem: Roberto Nickson/Pexels
Áreas secas estão cada vez mais secas, enquanto locais úmidos enfrentam inundações no Havaí. Imagem: Roberto Nickson/Pexels

“Estou muito satisfeita que o legislativo tenha dado esse passo ao declarar estado de emergência climática. Precisamos tomar atitudes firmes para enfrentar os desafios relacionados à mudança climática, como a elevação do nível do mar, erosão costeira e proteção da nossa infraestrutura crítica”, disse o senador estadual Mike Gabbardi.

Apenas um membro do setor governamental se opôs à resolução, de acordo com o site Grist. Essa não é a primeira vez em que o Havaí toma uma decisão pioneira quando o assunto é aquecimento global. Em 2018, o estado instaurou uma legislação climática para chegar em 2045 neutralizando as emissões de carbono.

O estado de emergência atual é replicado em mais 1.933 cidades e países, incluindo a União Europeia, representando 826 milhões de pessoas. “Grandes marés, erosão costeira, longas secas e chuvas extremas afetaram todas as nossas comunidades nos últimos anos, confirmando que a emergência climática está aqui”, disse Kelly Takaya King, membro do conselho do condado de Maui.

Ela destacou que apenas um trabalho coordenado que chegue à escala e velocidade da mudança climática vai fazer o progresso necessário para proteger o meio ambiente, a cultura e a vida das pessoas.

A conselheira recebeu o coro de Dyson Chee, diretor da Coalização Jovem do Clima do Havaí. “Cada dia que esperamos para tomar uma atitude é um dia perdido. A crise climática é uma ameaça presente para a geração atual e as futuras”, destacou.

Via: Futurism / Grist