Mercado abrirá em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,18
    +1,07 (+1,21%)
     
  • OURO

    1.783,20
    +6,50 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    23.510,38
    -272,98 (-1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,09
    -13,73 (-2,40%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.513,62
    -2,13 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.514,50
    +21,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2544
    -0,0048 (-0,09%)
     

Auxílio taxista: governo começa cadastros de motoristas na semana que vem

Benefício destinado aos taxistas faz parte dos previstos na PEC Eleitoral, promulgada na semana passada  (Getty Images)
Benefício destinado aos taxistas faz parte dos previstos na PEC Eleitoral, promulgada na semana passada

(Getty Images)

  • Ministério do Trabalho pede que prefeituras enviem dados sobre os taxistas a partir do dia 25;

  • Objetivo é viabilizar o pagamento do BEm-Taxista, o auxílio à categoria aprovado em PEC;

  • Valor e número de parcelas não estão definidos, mas pagamentos devem começar em 16 de agosto.

O Ministério do Trabalho e Previdência solicitou, nesta quinta-feira (21), que as prefeituras de todo o Brasil enviem, a partir do próximo dia 25, informações sobre os taxistas cadastrados na cidade para viabilizar o benefício emergencial à categoria. A previsão é de que o primeiro lote de pagamento comece em 16 de agosto.

Os prefeitos devem mandar os dados por meio da página do Ministério até 31 de julho, para que sejam processados pela Dataprev, empresa parceira tecnológica do governo.

BEm-Taxista

O auxílio é destinado aos motoristas com carteira de habilitação válida e alvará em vigor no dia 31 de maio deste ano. O valor e o número de parcelas ainda não estão definidos, já que dependem da quantidade de profissionais cadastrados. O limite orçamentário aprovado para o benefício é de R$ 2 bilhões.

A ajuda foi criada pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC) Eleitoral, promulgada na semana passada pelo Congresso Nacional. O governo foi autorizado a gastar R$ 41,2 bilhões em benefícios a menos de três meses das eleições.

Além do auxílio aos taxistas, o texto prevê, entre outras coisas, aumento no valor do Auxílio Gás, Auxílio Brasil e ‘Pix’ Caminhoneiro no valor de R$ 1 mil mensais, pagos em seis parcelas a partir de 9 de agosto. Os dados dos transportadores autônomos de carga serão repassadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos