Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,48 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.943,99
    -185,82 (-0,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,27 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,68 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,30 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

Saiba se você está na lista dos 625 mil que precisam devolver o Auxílio Emergencial

·3 min de leitura
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
  • Após o envio do primeiro e do segundo lote de mensagens de 2021, foram devolvidos R$ 66,3 mi

  • Estão recebendo SMSs trabalhadores que foram informados da irregularidade no Imposto de Renda

  • As mensagens do governo têm o número do CPF do beneficiário e o link iniciado com gov.br

O Ministério da Cidadania informou que começou a enviar mensagens de celular para cerca de 625 mil cidadãos que precisam devolver o auxílio emergencial ao governo por não se enquadrarem em regras do programa. Segundo o órgão, as mensagens de celular (SMS) estão sendo enviadas nesta segunda (29) e terça-feira (30), com o objetivo de orientar sobre a devolução voluntária de recursos.

Receberão as mensagens de celular deste terceiro lote trabalhadores que, ao enviarem a declaração do Imposto de Renda 2021, foram informados de que teriam que devolver as parcelas do benefício. Nesses casos, foi gerada uma DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) para a devolução, que ainda está em aberto. O governo também envia notificações para os brasileiros que se cadastraram pelo aplicativo do programa, mas não tinham direito.

Leia também:

Há também os casos de pessoas que podem ser titulares de um segundo benefício do governo federal, como aposentadoria, seguro-desemprego ou benefício emergencial do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, ou com vínculo empregatício quando o auxílio foi pago, ou identificadas com renda incompatível com o recebimento, dentre outros casos, afirma o governo.

Segundo o ministério, após o envio do primeiro e do segundo lote de mensagens de 2021, foram devolvidos aos cofres públicos aproximadamente R$ 66,3 milhões pelo pagamento de DARF em aberto e pelo pagamento de GRUs (Guia de Recolhimento da União), no período de 18 de agosto a 18 de novembro.

CUIDADO COM GOLPES

As mensagens do Ministério da Cidadania têm o número do CPF do beneficiário e o link iniciado com gov.br. Elas são enviadas pelos números 28041 ou 28042. O Ministério da Cidadania alerta de que qualquer SMS de números diferentes desses, com essa finalidade, deve ser desconsiderado.

Para o grupo que recebeu fora das regras do benefício, a mensagem será: "O CPF ***.456.789-** tem parcelas a devolver do Auxílio Emergencial. Devolva todas as parcelas em gov.br/devolucaoae. Fraude denuncie em gov.br/falabrae".

Para o público do Bolsa Família, que recebeu fora das regras do benefício, a mensagem será: "O NIS ***456.789** tem parcelas a devolver do Auxílio Emergencial. Devolva todas as parcelas em gov.br/devolucaoae. Fraude denuncie em gov.br/falabrae".

Para o grupo relacionado à Declaração de IRPF e com DARF emitida, que solicitaram o auxílio por meio do aplicativo da CAIXA, denominado público ExtraCad, a mensagem será: "O CPF ***.456.789-** possui DARF do Imposto de Renda em aberto relativo ao Auxilio Emergencial. Pague o valor ou denuncie fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae".

Para os públicos do Cadastro Único e do Bolsa Família, identificados na declaração IRPF 2021 com DARFs emitidos sem pagamento, a mensagem será: "Consta DARF do Auxílio Emergencial em aberto no seu Imposto de Renda para o CPF ***.456.789-**. Pague o valor ou denuncie fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae".

DEVOLUÇÃO

Segundo a Cidadania, os que receberem a mensagem sobre as DARFs em aberto deverão fazer o pagamento ou acessar o site gov.br/dirpf21ae para denunciar fraude, se for o caso, ou informar divergência de valores.

Quem não possui DARF em aberto, mas tem valores a devolver, precisa acessar o site gov.br/devolucaoae e inserir o CPF. Será emitida uma GRU e o pagamento poderá ser feito nos canais de atendimento do Banco do Brasil, ou em outros bancos, caso selecione essa opção ao solicitar a emissão da GRU no sistema.