Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.271,69
    -100,89 (-0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Auxílio Brasil de maio começa a ser pago; veja quem precisa atualizar cadastro

Atualização é necessária para beneficiários do Auxílio Brasil, da Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC e ID Jovem (Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Atualização é necessária para beneficiários do Auxílio Brasil, da Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC e ID Jovem (Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Atualização no cadastro do Auxílio Brasil estava suspensa por conta da pandemia;

  • Atualização também é necessária para beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC e ID Jovem;

  • Avisos virão no extrato de pagamento do Auxílio Brasil e do BPC, além da conta de energia elétrica.

A atualização cadastral do CadÚnico, que estava suspensa por conta da pandemia, está de volta esse ano. Cerca de 8 milhões de beneficiários do Auxílio Brasil, da Tarifa Social, do BPC (Benefício de Prestação Continuada) e da ID Jovem precisarão realizar o procedimento. A operação deve ser realizada para a continuação dos pagamentos dos benefícios.

A atualização cadastral é dividida em dois processos distintos, a averiguação cadastral e a revisão cadastral. A averiguação deve ser realizada até julho, enquanto a revisão deverá ser feita até dezembro. É possível entrar nas listas disponíveis no SigPBF (Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família) para saber qual procedimento você deve fazer.

Mais fácil, no entanto, será observar o aviso que aparecerá para. De acordo com o Ministério da Cidadania quem precisar fazer qualquer uma das formas da atualização cadastral receberá um aviso no extrato dos pagamentos e no aplicativo do programa. Já os beneficiários da Tarifa Social irão receber os avisos através de mensagens na conta de luz.

Como fazer a atualização dos dados cadastrais

A atualização dos dados pode ser feita de duas formas, online e presencial. Para fazer sem sair de casa, basta entrar no aplicativo ou site do CadÚnico utilizando seus dados pessoais ou conta do portal gov.br.

Se preferir ir presencialmente, será necessário procurar um dos pontos de atendimento pelo cadastro único do município, como o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Neste caso quem deverá ir até o local realizar o procedimento é o responsável pela unidade familiar.

Normalmente a atualização cadastral deve ser feita a cada dois anos ou sempre que houver uma alteração na composição familiar (como um nascimento ou morte de um membro), no endereço, no trabalho ou na renda de algum dos membros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos