Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.208,69
    -2.867,22 (-5,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Auxílio aluguel de São Paulo chegará a R$ 600 para moradores em área de risco

·1 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • O auxílio aluguel passará de R$ 400 a R$ 600 em até 18 meses;

  • O benefício planeja chegar ao moradores que vivem em situações de alto risco e com obras da própria prefeitura;

  • A proposta foi feita na última sexta-feira (22) aos residentes do Córrego Antonico, local do desabamento da semana passada.

O auxilio aluguel, pago pela Prefeitura de São Paulo, terá uma mudança de valor, passando de R$ 400 para R$ 600 em até 18 meses. O benefício pretende atender aos moradores de áreas de alto risco em intervenção e obras feitas pela própria administração do município.

A proposta foi apresentada na sexta-feira (22) aos moradores e lideranças do Córrego Antonico, em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, onde um desabamento resultou em tragédia no último sábado (16). Espera-se atender as 1.500 famílias que moram no local.

Leia também:

A ocasião contou com Orlando Faria, secretário da Habitação, Carlos Bezerra, da Secretaria de Assistência Social, Alexis Vargas, da Secretaria de Projetos Estratégicos e Joel Mata de Sá, coordenador geral da Defesa Civil. Ambos destacaram as ações concebidas por cada pasta, como efeito do desabamento .

As 19 famílias que tiveram as casas interditadas nas região já podem pedir o benefício de auxílio aluguel provisório. Com previsão de regulamentação até novembro, a forma definitiva do atendimento habitacional será oferecida através do programa “Pode Entrar”.

Com uma Carta de Crédito aos beneficiários, a ação funciona como um subsídio para se adquirir um imóvel e a conta garantidora. O valor da carta mudará com a renda do cidadão, tendo um limite de R$ 120 mil e não sendo reembolsável.

As informações são do Portal iG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos