Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    43.341,40
    +623,82 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Auxiliar do Palmeiras despista sobre a estreia de Jorge: 'Vamos ver a condição física para depois falar'

·2 minuto de leitura


Depois da vitória do Palmeiras sobre o Fluminense neste sábado (24) pelo Brasileirão, o auxiliar de Abel Ferreira, João Martins, concedeu entrevista coletiva. Perguntado sobre quando o time poderia contar com o lateral Jorge, recém contratado para suprir a ausência de Viña, com a venda encaminhada à Roma, o assistente disse que é preciso aguardar as avaliações dos departamentos do clube sobre a condição do atleta para poder falar sobre isso.

- Mais uma opção. Vai iniciar no começo da semana, processo normal de avaliações clínicas. Vamos ver a condição física do Jorge. Isso demora alguns dias. Ele estava em um clube que não estava disputando nenhuma competição agora. Vamos dar ao tempo que demos a todos. Esperar que esteja em condições para depois falar dele - explicou.

Apesar do triunfo, o Alviverde teve dificuldades contra a equipe carioca e não conseguiu criar muitas oportunidades. Em relação a isso, João atribuiu essa questão à qualidade do adversário e ao desgaste provocado pela intensa maratona de jogos do time nas últimas semanas.

- Não jogamos contra uma equipe qualquer. Oitavas da Libertadores, bem treinada e bons jogadores. Sabíamos que seria um jogo muito difícil. Esse cansaço físico (da sequência) influência a mente e a performance técnica. Sabíamos que não iríamos criar um volume tão alto. Não por demérito nosso ou porque nós não quiséssemos. Porque o adversário também não nos deixa. Não jogamos sozinhos. Conseguimos fazer um gol, sofrer e defender.

Além disso, o português comentou sobre a série de vitórias do Verdão, que chegou à nona consecutiva. Ele destacou a estabilidade e confiança do elenco, mas ressaltou que algumas dificuldades poderão aparecer pelo caminho.

- Estamos estáveis, seguros e confiantes. As vitórias trazem isso. No geral, estamos bem. Não significa que não possa acontecer um percalço. A única coisa que temos que garantir é o equilíbrio e continuar a evoluir - declarou.

Com Abel Ferreira de volta ao comando do Palmeiras, o time volta a campo contra o São Paulo pela décima quarta rodada do Brasileirão. O Choque-Rei está marcado para as 19h (horário oficial de Brasília) deste sábado (31 no Morumbi.

João Martins coletiva Palmeiras
João Martins coletiva Palmeiras

João Martins deu a coletiva após a vitória (Foto: Reprodução)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos