Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.546,18
    +825,89 (+1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Auxílio emergencial: Caixa paga última parcela a 3,5 milhões de nascidos em setembro nesta quarta-feira

Extra
·2 minuto de leitura
Foto: Fabiano Rocha / 10.08.2020

Os 3,5 milhões de trabalhadores nascidos em setembro com direito ao auxílio emergencial vão poder sacar a última parcela do benefício nesta quarta-feira (dia 20). Apesar se ser feriado no Rio de Janeiro, as agências estarão abertas para retiradas nos caixas eletrônicos.

Esses trabalhadores tiveram a quantia creditada pela Caixa Econômica Federal — em suas contas poupanças sociais digitais — nos dias 6 de dezembro (ciclo 5) e 21 de dezembro (ciclo 6). Até então, o dinheiro podia ser movimentado apenas pelo aplicativo Caixa Tem. Agora, está liberada a retirada em espécie.

De acordo com o cronograma do Ministério da Cidadania, todos os pagamentos do auxílio emergencial serão encerrados no dia 27 deste mês, quando os 3,3 milhões de trabalhadores remanescentes — nascidos em dezembro — vão sacar o último valor devido.

Também nesta quarta-feira, a Caixa paga os benefícios do Bolsa Família de janeiro — já sem o auxílio emergencial — para os que têm Número de Identificação Social (NIS) de final 3. Os saques podem ser feitos em terminais de autoatendimento.

Os depósitos do programa social costumam ser feitos nos últimos dez dias úteis de cada mês e, em janeiro, o pagamento vai até o dia 29 (para os que têm NIS de final 0).

​​NIS de final 1 - dia 18

NIS de final 2 - dia 19

NIS de final 3 - dia 20

NIS de final 4 - dia 21

NIS de final 5 - dia 22

NIS de final 6 - dia 25

NIS de final 7 - dia 26

NIS de final 8 - dia 27

NIS de final 9 - dia 28

NIS de final 0 - dia 29

No fim do ano passado, a Caixa Econômica Federal começou a migrar os pagamentos do Bolsa Família para contas poupanças sociais digitais. Dessa forma, os beneficiários podem, agora, ter acesso aos recursos por meio do aplicativo Caixa Tem.

As vantagens, de acordo com a instituição financeira, são poder quitar boletos e contas de água, luz e gás; fazer compras com cartão de débito virtual gerado pela internet e com QR Code; e realizar transferências para outras contas bancárias.

Os beneficiários com NIS de finais 9 e 0 começaram a receber por conta digital em dezembro. Neste mês de janeiro, o pagamento pelo Caixa Tem será feito aos inscritos com NIS de finais 6, 7 e 8.

Viu isso? O cartão do programa ou o Cartão Cidadão ainda poderão ser usados para fazer os saques em dinheiro.

Em fevereiro, será a vez dos que têm NIS de finais 3, 4 e 5. Em março, as contas serão abertas para os beneficiários com NIS de finais 1, 2 e indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua.