Autuações em instituições financeiras somam R$ 15,7 bi

A fiscalização da Receita Federal contra instituições financeiras gerou créditos tributários da ordem de R$ 15,7 bilhões no ano passado, um crescimento de 35,43% em relação a2011, segundo a Receita Federal. Em 2012, foram 233 ações de fiscalização nesse segmento, ante 315 em 2011.

Segundo o órgão, a fiscalização no setor da indústria gerou créditos tributários de R$ 41,7 bilhões, alta de 34,97% na comparação com 2011. Foram 2.650 ações de fiscalização no ano passado, ante 3.475 no ano anterior. No setor de prestação de serviços, os créditos tributários atingiram R$ 14,2 bilhões, queda de 14,79%. Ao todo, foram 2.348 ações de fiscalização contra o setor, ante 3.033 em 2011.

No setor de comércio, os créditos tributários atingiram R$ 12,5 bilhões, queda de 21,77% em relação a 2011. Foram 2.203 operações de fiscalização, ante 2.989 em 2011. As operações no setor de construção civil geraram créditos tributários no valor de R$ 1,7 bilhão, avanço de 11,83%, e nas sociedades de participação, os créditos somaram R$ 6,9 bilhões, elevação de 5,74%.

O maior recuo em termos de créditos tributários lançados, de 61,37%, foi verificado no setor de Serviços de comunicação, energia e água, para R$ 2,1 bilhões. Foram 83 ações de fiscalização em 2012, contra 92 em 2011. Os créditos tributários do setor de transportes e serviços relacionados caíram 2,76%, para R$ 2,8 bilhões. E no agregado outros setores, os créditos tributários recuaram 10,45%, para R$ 6,7 bilhões.

Carregando...