Mercado fechará em 1 h 43 min
  • BOVESPA

    111.498,04
    +588,43 (+0,53%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.646,54
    +472,48 (+0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,24
    +2,04 (+2,61%)
     
  • OURO

    1.751,70
    +3,30 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    16.854,87
    +440,28 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,40
    -0,29 (-0,07%)
     
  • S&P500

    3.948,91
    -8,72 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    33.673,97
    -178,56 (-0,53%)
     
  • FTSE

    7.573,05
    +61,05 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.552,75
    +28,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4312
    -0,0254 (-0,47%)
     

Autoridades discutem bloqueios em SC e MT, estados com mais ocorrências, segundo a PRF

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Representantes do Ministério Público Federal em Santa Catarina e no Mato Grosso se reúnem nesta quarta-feira (2) com integrantes do Ministério Público estadual e dos governos locais para avaliar a situação dos protestos nas rodovias que cortam os dois estados e discutir estratégias para debelar as manifestações de bolsonaristas inconformados com o resultado das urnas.

SC e MT são, segundo boletim da Polícia Rodoviária Federal, as duas unidades da federação que mais registram pontos de bloqueio e interdições, 35 e 30 ocorrências respectivamente.