Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,41
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.808,50
    +8,80 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    40.005,57
    +1.016,33 (+2,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,33
    +8,40 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.979,50
    -32,00 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0671
    +0,0086 (+0,14%)
     

Autoridades da UE estão divididas sobre estratégia pós-pandemia

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os principais formuladores de políticas econômicas da União Europeia estão divididos sobre como administrar a economia depois da pandemia.

Fabio Panetta, membro do conselho executivo do Banco Central Europeu, disse na segunda-feira que as autoridades monetárias deveriam preservar a “flexibilidade não convencional” permitida durante a crise, mantendo os juros baixos até que os gastos públicos ajudem a elevar a inflação. Horas depois, Jens Weidmann e Robert Holzman, também do BCE, disseram que os poderes de emergência da instituição são temporários e devem ser suspensos quando a emergência acabar.

Panetta também disse que o BCE deveria considerar manter a flexibilidade do programa de compras de títulos de emergência na pandemia de 1,85 trilhão de euros (US$ 2,2 trilhões) quando este expirar. Um programa anterior de flexibilização quantitativa está atrelado a limites de quantos títulos de um país podem ser comprados.

As opiniões contrastantes sobre a política monetária ecoam nos debates fiscais. O comissário da Economia da UE, Paolo Gentiloni, disse na segunda-feira que as regras de endividamento do bloco “devem ser realistas, caso contrário, não são aplicáveis”. O braço executivo da UE lançará uma revisão no quarto trimestre do Pacto de Estabilidade e Crescimento, que estabelece limites para as finanças públicas dos países membros, disse ao jornal italiano La Repubblica.

O pensamento divergente chega em um momento crucial, com a recuperação da zona do euro em meio ao menor número de casos de Covid-19 e reabertura gradual das empresas. Com isso, alguns especialistas cogitaram a perspectiva de limitar a ajuda sem precedentes a empresas e famílias, e a considerar como enfrentar o enorme ônus da dívida pública e privada.

Panetta disse que ainda não está claro por quanto tempo o aumento da demanda vai durar.

“Não parecemos estar no caminho certo para ‘aquecer a economia’”, disse em conferência de bancos centrais do Mediterrâneo. Ele pediu aos governos e à população que reconheçam que a atual combinação de estímulos fiscais e monetários é “claramente superior” ao nível antes da pandemia, quando líderes políticos estavam focados na redução da dívida.

Ainda assim, Weidmann, do banco central alemão, disse que o apoio monetário e fiscal deve ser reduzido após a crise, e que o programa da pandemia do BCE “deve ser encerrado assim que a emergência for superada”. Segundo ele, 2022 não justificará a classificação como um “ano de crise”.

Sua postura foi repetida por Holzmann, da Áustria. Ambos têm assento no conselho do BCE.

Autoridades do BCE buscam cada vez mais frear qualquer mudança na UE em direção a uma renovada austeridade. A presidente da instituição, Christine Lagarde, disse a líderes na semana passada que eles precisam “regar os rebentos verdes” da recuperação, destacando que é muito cedo para sequer falar sobre deixar de usar os instrumentos de crise do banco central.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos