Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,45
    -0,52 (-0,72%)
     
  • OURO

    1.749,90
    -1,50 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    47.171,03
    -793,83 (-1,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.178,61
    -46,92 (-3,83%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.210,07
    -710,69 (-2,85%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.291,00
    -35,00 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1892
    -0,0102 (-0,16%)
     

Autor de fake news sobre Walmart e criptomoeda pode ser preso

·2 minuto de leitura
Walmart
Walmart

Na segunda-feira, 13 de setembro, um falso comunicado foi publicado pela Globe Newsire anunciando que o Walmart havia fechado uma parceria com a criptomoeda Litecoin. Apesar do mercado de criptomoedas ter pouca regulação, a fake news envolveu o Walmart, empresa listada na bolsa americana, onde leis sobre manipulação são rígidas.

No comunicado de imprensa, o autor do artigo escreveu citações de Doug McMillon, CEO do Walmart, porém elas eram falsas:

“[…]Nós estamos muito animados em trabalhar junto com a Litecoin Foundation, e continuar inovando nossos negócios. A partide de 1º de outubro, todas as lojas de comércio eletrônico terão implementado a opção ‘Pague com Litecoin'”

A falsa notícia rapidamente se espalhou, sendo replicada até mesmo pelo Twitter oficial da Litecoin que logo apagou o tweet após um porta-voz do Walmart desmentir a notícia. Todavia, este tempo já foi suficiente para que o preço do LTC aumentasse mais de 35%, além do volume de negociações.

Preço do LTC sobe 35% em 15 minutos após fake news. Fonte: TradingView
Preço do LTC sobe 35% em 15 minutos após fake news. Fonte: TradingView

O autor também fez citações falsas de Charlie Lee, CEO da Litecoin Foundation, que cuida do desenvolvimento da moeda:

“[…]Nós estamos emociados e extremamente entusiasmados porque a nossa criptomoeda agora é aceita pelo Walmart, abrindo mais oportunidades para qualquer comerciante aceitar Litecoin no futuro.”

Segundo Lee, também conhecido como Satoshi Lite, em comunicação com a Reuters por e-mail, ele possui apenas 5 LTC e tem bem poucos motivos para ter participado da fake news.

Já o Globe Newsire, site onde a fake news foi publicada, relatou que está pronto para trabalhar com as autoridades na investigação e a encontrar o criminoso.

Além disso, o site postou uma nota sobre a notícia entre a parceria entre Walmart e Litecoin, dizendo para que ela fosse ignorada pelo público e outros jornalistas.

Embora o preço das ações da Walmart pareça não ter sofrido nenhuma alteração, a criação de notícias falsas envolvendo empresas para tentar manipular o mercado financeiro, ao induzir outras pessoas a comprarem ou venderem determinada ação, é um crime sério.

Caso o autor da fake news seja encontrado, ele pode ir a julgamento e cumprir uma pena de até 5 anos de prisão por cada acusação, além de multas que podem chegar a 5 milhões de dólares.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos