Austeridade sozinha não ajudará Europa, diz Dilma

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, alertou neste sábado que as políticas de austeridade na Europa não estão funcionando e que, a menos que os países se concentrem em encontrar novas formas de crescer, a recessão só vai se aprofundar. "O Brasil defende que uma consolidação fiscal exagerada e simultânea na Europa não é a melhor resposta à crise mundial e pode até levar a um agravamento da recessão", afirmou a presidente, em seu discurso na abertura da 22ª Cúpula Ibero-Americana, realizada na cidade costeira de Cádiz.

"Sem crescimento, será muito difícil para as nações obterem êxito com a sua consolidação fiscal", acrescentou Dilma. Ela disse ainda que a economia brasileira foi afetada pela crise europeia, porque o comércio internacional desacelerou. A presidente exortou os países que não estão enfrentando déficit e dívida elevados a investir mais e aumentar importações para ajudar a promover o crescimento. As informações são da Dow Jones.

Carregando...