Aumento de cheques devolvidos deixa alerta se o bolso do brasileiro vai bem

SÃO PAULO - Os números de inadimplência no primeiro mês de 2014 mostraram queda no Brasil. Contudo, o aumento de cheques devolvidos por falta de fundo em janeiro deixa um sinal de alerta se o bolso do brasileiro vai bem nesse início de ano.

O Indicador Serasa Experian revelou que no mês o número de cheques que voltaram saltou para 2,11%, alcançando o maior patamar desde 2010. De acordo com o economista da Serasa Expirian, Luiz Rabi, duas possibilidades estão sendo usadas para justificar esse aumento.

Uma delas é a dificuldade do consumidor em honrar seus compromissos financeiros típicos deste período, como gastos com as festas de final de ano, viajem de férias, primeira parcela do IPVA.

A outra é o aumento da taxa básica de juros no país, que vem ocorrendo consecutivamente pelo Banco Central do Brasil desde o mês de abril do ano passado, chegando atualmente em 10,5% ao ano. O aumento do juro reflete em maiores taxas para as principais operações de crédito no País.

"Cheques devolvidos não têm muita relação com financiamento, mas o brasileiro utiliza muito o cheque especial e o cartão de credito. Com os juros do cartão e do cheque aumentando, o peso das dívidas das pessoas que utilizam esses tipos de crédito acaba aumentando. Com menos dinheiro sobrando, acaba refletindo no aumento do número de cheques devolvidos e isso pode se reverter para o aumento da inadimplência em outras modalidades de crédito também", alerta.

Para Luiz Ruiz, os dados de janeiro não são conclusivos para determinar uma mudança de tendência, mas deixam esse alerta se esse movimento pode se repetir nos próximos mesmo ou se trata apenas um movimento atípico ocorrido no início do ano.

"Como estamos falando apenas de um mês, não é possível chegar a uma conclusão se de uma mudança de comportamento. Mas é para ficar de olho e acompanhar como esses dados irão se comportar nos próximos meses. Se continuará subindo e se trará reflexo em aumento para outras modalidades", finaliza.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2144-0,0041-0,13%
    USDBRL=X
    3,6040-0,0071-0,20%
    EURBRL=X
    0,8914+0,0001+0,01%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    13,85+0,73+5,56%
    PETR4.SA
    3,54+0,13+3,81%
    GOAU4.SA
    15,80+0,55+3,61%
    VALE5.SA
    3,65+0,22+6,41%
    USIM5.SA
    8,62+0,09+1,06%
    ITSA4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    2,69+0,65+31,86%
    VIVR3.SA
    9,36+1,18+14,43%
    USIM3.SA
    22,99+2,88+14,32%
    SOND5.SA
    1,92+0,19+10,98%
    PTNT4.SA
    4,60+0,45+10,84%
    RAPT4.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    38,48-11,03-22,28%
    COTY34.SA
    1,46-0,14-8,75%
    VTLM3.SA
    5,01-0,38-7,05%
    CRPG5.SA
    2,75-0,20-6,78%
    STBP3.SA
    34,10-2,40-6,58%
    AAPL34.SA