Mercado abrirá em 2 h 42 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,84
    -2,11 (-3,02%)
     
  • OURO

    1.793,30
    +8,10 (+0,45%)
     
  • BTC-USD

    56.772,33
    -642,45 (-1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.432,44
    +3,51 (+0,25%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.013,07
    -96,88 (-1,36%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.287,75
    -103,00 (-0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3506
    +0,0214 (+0,34%)
     

Audi, do Grupo Volkswagen, comprou a McLaren, afirma site de notícias britânico

·2 min de leitura
Audi, do Grupo Volkswagen, comprou a McLaren, afirma site de notícias britânico
Audi, do Grupo Volkswagen, comprou a McLaren, afirma site de notícias britânico

O Grupo Volkswagen leva mais uma. A lendária montadora britânica de supercarros McLaren agora é propriedade da Audi. Com ela, vai também o time de Fórmula 1.

A notícia havia sido primeiro divulgada como um rumor da indústria pelo site de notícias alemão Automobilwoche, que ainda hoje discutia uma disputa pela marca. Após isso, a Audi chegou a negar a compra.

Agora, outro meio respeitável da indústria, o britânico Autocar, cravou com todas as letras: uma fonte dentro da McLaren confirma que a Audi comprou, de fato, a empresa.

Ainda segundo a Autocar, a McLaren disse que não haverá mudanças na direção, enquanto a Audi se recusou a comentar.

Audi, McLaren e Fórmula 1 da Volkswagen

A McLaren andava mal das pernas, necessitando refinanciar £ 500 mi (R$ 3,6 bi) em dívidas. Mês passado, o CEO Mike Flewitt pediu demissão após oito anos na direção – não sendo claro se isso tem alguma relação com a compra.

Com a compra, a Audi se torna dona de duas supermarcas: Lanborghini, que controla desde 1998, e McLaren. O grupo Volkswagen como um todo já acumula cinco: além dessas duas, também é dono da Bugatti, Bentley e Porsche. A VW tem por estratégia o controle total: todas essas marcas, sem exceção, são com 100% das ações, e provavelmente é o caso também da McLaren.

A incorporação abre caminhos para troca de tecnologia entre as subsidiárias do grupo. A McLaren tinha um programa de eletrificação para supercarros, o que pode ser útil para a Lamborghini, ainda usando motores a combustão (salvo uma brincadeira retrô com o Countach).

Mas a motivação mais fote apontada pelos insiders é que o Grupo Volkswagen quer mesmo um time de Fórmula 1 para chamar de seu.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos