Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    48.403,28
    +994,61 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Atualização em telas inteligentes da Lenovo causa bugs estranhos há 6 meses

·1 minuto de leitura

Embora a linha Nest Hub conte com os monitores inteligentes do Google Assistente mais famosos, há também algumas opções de outras empresas, como a Lenovo. A companhia chinesa lançou várias telas nos últimos dois anos, mas uma atualização trouxe problemas de software para inúmeros modelos.

Usuários foram ao fórum da Lenovo para tentar resolver uma falha que afetou vários proprietários refente a um update de março. Essa atualização, lançada há quase seis meses, bloqueou diversas unidades e até agora nenhuma correção foi oferecida, embora relatórios do bug tenham sido coletados.

Vários modelos de telas da Lenovo estão com falhas no software (Imagem: Reprodução/Lenovo)
Vários modelos de telas da Lenovo estão com falhas no software (Imagem: Reprodução/Lenovo)

Conforme os relatos, o dispositivo não fica completamente inoperante, mas ocorrem reinicializações aleatórias, travamentos ou problemas com o reconhecimento de comandos de voz. São mais de 13 páginas de interações entre pessoas que enfrentam dificuldade no uso dos seus aparelhos inteligentes. Pode não parecer tão desesperador, mas é, no mínimo, uma experiência frustrante para quem comprou os dispositivos.

A Lenovo respondeu aos questionamentos com a solicitação de novos dados dos usuários afetados, mas não deu um prazo para implementar a correção. Segundo a empresa, os desenvolvedores estão trabalhando em conjunto com o Google, responsável pela atualização, para chegarem a uma solução. Os relógios inteligentes e tablets da marca parecem não ter sofrido nenhum tipo de problema, por isso a hipótese mais provável é algum conflito com o hardware das telas.

Por enquanto, a única coisa a ser feita é aguardar e torcer para que a solução não leve mais seis meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos